Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cai fora Malandro

Queres que eu seja sua beleza
Queres todo o meu amor e com certeza pretendes roubar minha pureza e com ela levar o meu amor

Ah! Se você soubesse como eu sou
Deixava tudo de lado e tentava encontrar um novo amor

Meu amor não é ingênuo e conheço suas armadilhas e nesse papo eu não caio, não caio não, não caio não e não calo a boca, não calo a minha boca e todo mundo vai saber quem você é

Você acha que é malandro
Mas não engana ninguém
O seu papo é furado, é muito raso e não tem nenhum valor

Sai daqui vai embora,
Vê se se toca e dá o fora

Você pensa que me enrola
Mas está chegando a hora
De te dar aquele fora

Sai fora, sai fora malandro
Vê se se enxerga e leva embora a sua banca

Sai fora, Sai fora, Cai fora  malandro e ...

Você pensa que me engana
Mas vai em cana, por brincar com o meu amor.

Eloiza Gonçalves Antônio
23 de Setembro de 2007




Kateinan
Enviado por Kateinan em 08/10/2007
Reeditado em 16/03/2009
Código do texto: T685381

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kateinan
Vassouras - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
15 textos (775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 09:55)
Kateinan