Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No instante que se vai


No instante que se é proferido,ferido por momentos de paz,
A chama propagada é a intenção de se calar.
E no momento que se fecha e abre,a cautela preciosa chega e vem pro mesmo lugar.
No instante que se é perdido,o chão se abre,o céu se quebra,e o ar dissolve.
Trazendo centenas de questões,distintas opiniões.


No instante que se vai,o eco do vento
A partida foi-se embora com alegria e tormento.



E para tocar a vida,basta fazer o diálogo entre o ego e os sonhos opostos,sonhos reais.
Imaginários,surreais!
No que foi dito,escrito,sussurado,ficou o desejo forte,e a mudança!
A rosa muda escuta todos os passos dos homens de sapato.
Ludmilla Castro
Enviado por Ludmilla Castro em 09/10/2007
Reeditado em 09/10/2007
Código do texto: T686895
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ludmilla Castro
São Sebastião do Paraíso - Minas Gerais - Brasil, 28 anos
69 textos (1659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 10:01)
Ludmilla Castro