Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Razão da Vida (tudo pelo sexo)

É amor, é nessa foda casual que descubro a existência...
O sentido da vida numa foda decadência
É a razão querida...Puro sexo em prazer momentâneo
A vida no limite do tédio da eterna rotina do “eu te amo”

E só pelo sexo que a gente vive
Ama, goza, cresce e sobrevive
E só pelo sexo querida
A razão da vida
A razão da vida


É amor...é nesse sexo matinal que eu evoluímos a sabedoria
A criatividade dos prazeres momentâneos da vida
É a razão, meu bem....puro sexo e nada mais
A vida do “tudo bem” como remédio para relações carnais...

E só pelo sexo que a gente vive
Ama, goza, cresce e sobrevive
E só pelo sexo querida
A razão da vida
A razão da vida


Amor, não me importa o quanto pervertido eu seja
Você é a pervertida que me aceita
Não faça sermões com as tradições querida
O sexo é para religiões ato de vida
Para nós é o prazer da existência
O saber que além do sexo está a nossa decadência
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 12/10/2007
Reeditado em 12/10/2007
Código do texto: T691656
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
2642 textos (107650 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:44)
Maycon Batestin