Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ NA SOMBRA DO RODEIO

SÓ NA SOMBRA DO RODEIO
Luiz Bastos / juarez Oliveira(48 3035 36 81)-9959 35 53


 
Não chego perto de um touro
Nem subo em cima de arreio
Mas cuido bem da mulherada
E do churrasco no rodeio.


Prepara o trago que o churrasco ta na brasa
Não vou pra casa antes do dia clarear
Minha barraca não tem porta nem tramela
Que é pras donzelas poderem penetrar.

Onde tem trago, mulherada e rodeio,
Se eu não tiver no meio eu to chegando já
Enquanto a poeira vai subindo na arena
Fico sorrindo na sombra botando a carne pra assar.

Eu boto o som na gabinada e mando ver
Pego do fundo do isopor uma gelada
A galera vai chegando e se soltando,
E aquilo ferve, só florão de mulherada


No outro dia tudo começa de novo
acordo faço o fogo e a caipirinha pro pessoal
Enquanto um peão cai na poeira e beija o chão
Eu me abraço com uma loira e marco ponto no final.









 
 
Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 15/10/2007
Código do texto: T695624

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
SÓ NA SOMBRA DO RODEIO - Nadir Vilela Poetisa
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
572 textos (85096 leituras)
63 áudios (23053 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 16:38)
Nadir Vilela Poetisa