Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Analgésico

Não diga que vai embora e mesmo que se for
Só não vá embora agora
Eu preciso de você, eu preciso de você
Não diga que o tempo é remédio, meu relógio
Não é analgésico
E eu preciso de você, eu preciso de você
Tua ausência é ciência
E a minha paciência
Só me leva a te esperar, sem chegar a outro lugar
Meu espelho é teu receio
Estampado de mim mesmo
Distorçado pra você, condenado a te viver
Se é difícil achar explicação
Nessas rimas tão sem razão
Te resumo tudo com um só refrão:
Não vá embora, eu preciso de você
Não vá embora, há tanta coisa a viver
Não vá...agora...
Essa noite eu tô tão só
Markus
Enviado por Markus em 19/10/2007
Código do texto: T701552

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Markus
São Vicente - São Paulo - Brasil, 29 anos
55 textos (2693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:30)
Markus