Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O talvez de toda vida


Talvez eu tenha surgido de outra escuridão
Que em suas próprias trevas encontrou uma luz
Talvez você venha de alguma outra solidão
Que em minhas idéias não enxergar o que me reluz
E talvez nossa história venha de alguma outra canção
Escondido nas rédeas de um tempo que não nos reproduz...

E talvez por assim nós sermos
No meio do fim algum um começo
A vida nós pareça um pouco menos do que um desterro
E que ganhamos dela são duvidas além do receio

Mas há esperança em outro sonho?
Talvez nós sejamos aquilo que sempre fomos
Um começo estranho

Talvez você tenha me vindo em outra direção
Quando o caminho conduzia o certo por vias dúvidas
Talvez eu tenha te encontrado em outra contramão
Quando no destino da vida o deserto se abriu em ruas
E talvez nossa história tenha sido de outro antemão
Que escondido nas entrelinhas de um clérigo refez a correta pergunta

E talvez por assim nós sermos
No meio do fim algum um começo
A vida nós pareça um pouco menos do que um desterro
E que ganhamos dela são duvidas além do receio

Mas há esperança em outro sonho?
Talvez nós sejamos aquilo que sempre fomos
Um começo estranho

E o que há depois do começo
Ainda está para ser escrito
Talvez você saiba o desfecho e talvez eu encerre o livro
Enquanto a página vira
Ainda estamos no talvez de toda vida




 
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 07/11/2007
Código do texto: T727435
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
2642 textos (107650 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 14:10)
Maycon Batestin