Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POLUIÇÃO

É pássaro que já
Não voa.
Pessoa que não
Consegue pensar.
É o mar que se
Torna poluído.
Ouvido que não
Consegue escutar.

É o olhar que não
Se pode abrir.
É o porvir que, não
Sabe, virá.
Nariz que não
Respira oxigênio.
Gênio que não
Consegue criar.

É o doar de não
Se dar com a mão.
Pulmão que, ofendido,
Pergunta ao coração:
“Tô na pior, e você?
Como está?
Cantando um galope
Na beira do mar.”
Marcos Aurélio Mendes
Enviado por Marcos Aurélio Mendes em 12/11/2007
Código do texto: T734233
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Aurélio Mendes
Jussara - Bahia - Brasil, 52 anos
441 textos (35522 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 21:09)
Marcos Aurélio Mendes