Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Das minhas

Dedicado a minha amiga Marina

Bom dia estrela da manhã
Entre os jardins, é a única maça.
No telefone! Me convida pra sorrir
Cabelo ao vento, faz um gracejo.
Coisa fofa do vovô.
Vê se te cuida, nheco nheco da vovó.
Baby! Não mude de opinião.
Só porque um tararaca resolveu apresentar! Sua razão.
Nenê! O mundo da voltas.
Se bater a tristeza pede a cristo ou são João.
Oh! minha estrela da manha.
Tem pingo de chuva, sobre a ponta do nariz.
Falando a verdade! Não queria ver você crescer.
Pra que não sequem, as laranjas do salão.
Tem gota d’água.
Se alguém souber chegar.
Baby! Não mude seu jeito não!
Só porque um tararaca resolveu morar, num avião.
Nenê! O mundo é uma roda.
Aos amigos um bom dia aos estrupícios diabão.
Baby! Não mude seu jeito não.
Só porque um bicho grilo comeu terra encheu-se de razão
Nenê! O mundo é uma bola.
Que nos leva lentamente a morte em frente a televisão”.
Caio Schroer
Enviado por Caio Schroer em 19/11/2007
Reeditado em 19/11/2007
Código do texto: T743141

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Schroer
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 52 anos
140 textos (4456 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:54)
Caio Schroer