Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esse tipo de cara, esse tipo de garota

Você ainda há de pensar
Que o amor é a força motriz do universo
E tantas são as formas de interpretar
Que não importa quem está certo
Na versão de princesas aprisionadas
E cavaleiros altruístas
O amor é como um conto de fada
Na história de sua vida
Na versão da garota abandonada
O garoto é um poeta sentimental
E o amor vem em formas de palavras
Numa história real

E meu bem, eu não acredito que eu tiver que ser
Esse tipo de cara para você...
Ser esse tipo de garota para mim...
Meu bem, o amor é atípico tanto para mim quanto para você...

E você é a cientista do amor
Onde estuda teorias e fórmulas secretas
Em todas as suas ciências de dor
Ainda não se inventa uma cura para essa
Que na versão de garota de enfeite
Encontra um garoto modelo
O amor que se torna um deleite
Termina em pedaços de espelho
Ou na versão de menina deprimente
E do rapaz revoltado
Que juram amor eternamente
E criam o mais profundo machucado

E meu bem, eu não acredito que eu tiver que ser
Esse tipo de cara para você...
Ser esse tipo de garota para mim...
Meu bem, o amor é atípico tanto para mim quanto para você...

E nós fomos assim
Os tipos típicos de um romance
Acreditando até o fim
Que um de nos levaria isso adiante
Mas enfim,
Do que serve um tipo de romance
Onde o final é o mesmo fim?
Do que adianta tramas e nuance
Se nenhum tipo te livra do fim?
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 21/11/2007
Código do texto: T746798
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
2642 textos (107648 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 04:22)
Maycon Batestin