Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um homem que não existe

Eu sou um homem que não existe
Minha existência é virtual
Não há sentido em tocar o sublime
Se todo o meu toque é algo artificial
E eu não te afeto
Porque não sou real
Nada é concreto nessa existência artificial

Sou um homem que não existe
Um homem de fetiche
Um ser sem vida
Uma palavra escrita

Meus sentimentos são palavras escritas
E não existem quando são pra você
Não há sentido nas letras escritas
Porque mesmo esses sentimentos não se podem ler
E eu não te afeto
E eu não sou real
Sou um patético ser virtual

Sou um homem que não existe
Um homem de fetiche
Um ser sem vida
Uma palavra escrita

Não há qualquer formar de vida
Por trás das palavras escritas
Sou apenas o que se ler
O que não existe e não se pode ver
Artificial amor
Nenhum sentido é real para dizer quem eu sou
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 25/11/2007
Código do texto: T751747
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
2642 textos (107673 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:06)
Maycon Batestin