Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEUSA

 
NUMA MADRUGADA A CONHECI,
NESSAS BALADAS QUE A GENTE SAI SOMENTE PRA BEBER, SE DIVERTIR,
MAS O MEU SENTIMENTO DESPERTOU,
E EU NÃO QUERIA TE AMAR,
MAS O AMOR CHEGOU-ME DE REPENTE
EU VI TEUS OLHOS VERDES A ME OLHAR,
A TUA MÃO A ME TOCAR,
TUAS PALAVRAS ME CALAR O CORAÇÃO,
ENTÃO, ME DESPEDI DA SOLIDÃO
E ME ENTREGUEI DE CORPO E ALMA
PARA ESSA DEUSA AQUI NA MINHA FRENTE,

E AGORA FAZ COM QUE EU TE AME DEMAIS,
O TEU CARINHO E A PAZ,
EU SINTO, QUANDO ESTOU COM VOCE,
E AGORA FAZ COM QUE EU TE AME DEMAIS,
O MEU DESTINO É NÓS, O AMOR ETERNO E MUITO PRAZER.

GOSTO DE ESTAR JUNTO COM VOCE,
E QUANDO PENSO EM TE PERDER,
SÓ A SAUDADE E A DOR INVADEM O CORAÇÃO
ENTÃO, EU NÃO CONSIGO NEM DORMIR,
QUERO DE NOVO TE ENCONTRAR
E OUTRA VEZ SENTIR O TEU CARINHO.
POETASP
Enviado por POETASP em 27/11/2007
Código do texto: T754238

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETASP
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
354 textos (17584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 05:59)
POETASP