Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não me procure

Eu não preciso de tempo
Eu preciso de distância
Você veio com essa coisa de sentimento
Me fazer perder toda confiança
E agora vem com arrependimento
Recorrer à lembrança
Querendo bons argumentos
Me convencer da circunstância

Oh baby eu te amo
E isso é pra eternidade
Mas não espere que meu canto
Seja uma afirmação de sua verdade
Você quebrou o encanto
Com esse sorriso de falsidade
E ainda quer um sobrando
E não vê que sobra apenas infelicidade

Oh Baby!
Eu acredito que nos veremos cedo ou tarde
Em algum canto dessa cidade
Numa rua qualquer que nos cruze
Numa estrada que nos cure
Mas até lá baby! não me procure!

Não me procure
Não me procure!

Eu não preciso de pena
Eu preciso é de asas
Você veio com essa coisa de lamenta
Por toda ferida causada
E vem pedir para que eu entenda
Cada uma de suas palavras
Eu não preciso de pena
Eu preciso é de uma estrada!

Baby, ainda tenho amor
E isso é tudo o que não vou te dar
Com tempo e sem valor
Para o tanto que puder agüentar
É isso o que eu sou
E você tem que se orgulhar
Porque meu amor
É única coisa que vou valorizar

Oh Baby!
Eu acredito que nos veremos cedo ou tarde
Em algum canto dessa cidade
Numa rua qualquer que nos cruze
Numa estrada que nos cure
Mas até lá baby! não me procure!

Não me procure
Não me procure!


Oh baby
Eu sei que cedo ou tarde
Em algum canto dessa cidade
Nós vamos nos encontrar
Em uma rua que nos cruze
Numa estrada que nos cure
Enquanto isso
Até lá
Baby não me procure
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 03/12/2007
Código do texto: T763234
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
2642 textos (107672 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 21:54)
Maycon Batestin