Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DIVIDIDO

HOJE, TEM QUE DECIDIR, POIS NÃO VOU MAIS TOLERAR O TEU JEITO ESTRANHO DE AMAR, EU E OUTRA PESSOA, QUANDO QUERES VEM ME PROCURAR, AMANHECE E ME DEIXA NO AR, SE ESQUECE DO MEU SENTIMENTO, POR FAVOR, DÁ UM TEMPO, PASSA A NOITE COM ELE TAMBEM, SEI QUE ELE TE FAZ TANTO BEM, MAS NÃO QUER ME PERDER NE ME ABRAÇA DIZENDO BAIXINHO, NÃO SE ZANGUE, POIS VOU DECIDIR, POUCO TEMPO, EU TE CONHECI, O BASTANTE PARA TE AMAR, TE ENTREGAR MINHA VIDA, É QUE EU TE AMO DEMAIS, SE TE VEJO COM OUTRO RAPAZ, O CIÚME CORRÓI O MEU PEITO, POR FAVOR, DÁ UM JEITO, SE HOJE, VOCE ESTÁ JUNTO A MIM, EU NÃO SEI TEU AMOR DIVIDIR, EU NÃO SEI ATÉ QUANDO, EM TUA VIDA, EU POSSA EXISTIR, É QUE EU TE AMO DEMAIS, PERDI TODA MINHA PAZ, ELE FAZ, DO AMOR QUE EU TENHO, MUITO SOFRIMENTO, SEI QUE HOJE, O DIA É MEU, MAS O SONHO NÃO EXISTE MAIS E QUE O AMOR DE VERDADE PERTENCE A UM SÓ RAPAZ.
POETASP
Enviado por POETASP em 05/12/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T765467

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETASP
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
354 textos (17584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 04:27)
POETASP