Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um lindo presente de Natal

Estava chegando o Natal e ao chegar em casa de mais um dia de trabalho, meu filho veio em minha direção e falou:
- Pai, já escrevi minha carta para o Papai Noel, queria que o Senhor entregasse á ele.
- Sim meu filho, mais tão tarde e ainda acordado? – Mais posso saber que você pediu pra ele?
- Pedi que trouxesse uma caixa bem grande e com um embrulho bem bonito, e dentro estivesse o meu maior desejo.
- Mais meu filho, como Papai Noel vai saber o que você deseja se não disser pra ele o quer?
- Há papai, tenho certeza que ele vai saber, afinal ele é amigo de Deus, e se ele não souber, Deus fala pra ele.
- Mesmo assim continuei preocupado, pois como iria saber o que dar de presente pra meu filho neste natal...
Na noite de natal, fui a uma loja e comprei um computador e como meu filho havia pedido, pedi à vendedora que colocasse em uma caixa maior e colocasse o melhor embrulho da loja, e assim o fez.
Ao chegar em casa, meu filho já estava me esperando ansioso, e entreguei o presente pra ele, ele abriu e, simplesmente agradeceu, como se não fosse aquilo que realmente desejasse.
Logo percebi que embaixo da nossa arvore natalina havia outro embrulho parecido ou até mais bonito do que o presente que eu havia trago foi quando meu filho rapidamente me falou:
- Papai agora é minha vez de entregar meu presente, acho que Papai Noel, não recebeu minha cartinha, afinal são muitas crianças para presentear, e como desconfiei que isso pudesse ocorrer, embrulhei o meu presente, com meu desejo dentro, e vou oferecê-lo a você.
Quando abri a caixa me surpreendi, pois havia um relógio dentro, não era da melhor marca, nem tão pouco, desses caros e modernos, apenas um relógio e então perguntei?
- Um relógio pra mim meu filho, que lindo, mais não preciso de outro relógio?
E ele rapidamente respondeu:
- Precisa sim, Papai, é para o Senhor lembrar sempre os horários de ficar comigo, pois por muitas vezes por chegar tarde do trabalho nem o vejo, e quando acordo cedo o Senhor já tem saído, e temo que esse relógio que tem em seu braço não esteja mais funcionando.
E uma lágrima rolou de meus olhos, e o abracei muito forte.
Foi quando percebi que minha vida havia passado e que eu trabalhando demais nem havia percebido. Vi que já havia passado por muita experiência e que a lição mais linda da minha vida, foi meu próprio filho quem me deu...
E como poderia viver um homem sem seu relógio, e hoje eu sei claramente o que isso significa.
“Que neste Natal façamos o possível para estarmos sempre ao lado das pessoas que nos amam, e que esse gesto se estenda pelos próximos anos, e que principalmente o verdadeiro valor não está nos presentes que ganhamos, e sim no significado deles!
Raniela Targino
Enviado por Raniela Targino em 22/11/2007
Código do texto: T748397

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Raniela Targino
Pilões - Paraíba - Brasil, 30 anos
42 textos (6363 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:16)
Raniela Targino