Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Quem dera...
Se dezembro começasse em janeiro
e terminasse em novembro
Quem dera...
Tivéssemos a pureza de criança
para amar nossos adversários
Quem dera...
Se a paz que suplicamos
Tivesse inicio com quem amamos
Quem dera...
Se soubéssemos perdoar sempre
Para não ferir quem nos feriu
Que dera...
Se os enfeites natalinos
Tivessem o mesmo brilho em todas estações
Quem dera...
Se a inércia que nos mantém cativos na desigualdade que impera
Terminasse nesta noite vestida de humildade em favor do semelhante sem
questionar-lhe a vida
Quem dera...
Aprendêssemos medir as faltas cometidas por outrem
Com o mesmo peso que medimos a nós mesmos
Quem dera...
Se nos guiássemos pela bússola
infalível do amor!
lisbella
Enviado por lisbella em 13/12/2005
Código do texto: T85533
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisbella
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 50 anos
345 textos (16835 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:11)
lisbella