Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NASCEM ESPERANÇAS!

Nasce então a esperança!
perseguido, antes mesmo de ter nascido,
nasce pobre como tantos outros...

Existem muitos meninos pobres,
nascendo nesse exato momento!
Perseguidos, oprimidos, maltratados,
Mas, nós não os vemos!

São meninos que como Jesus,
em não tendo muito o que comer,
alimentam-se de luz!

São meninos e meninas,
que passam pela vida servindo,
humildes, pequenos, franzinos,
chegam sempre sorrindo, pedindo...
Mas, nós não os vemos!

São meninos que dançam, pulam,
frente aos nossos carros,
pedem a nossa atenção e como pedem...

Convidam-nos a caridade, abrem sorrisos,
estendem as mãos... Fechamos vidros,
fingimos que não vimos!

Bem que eles, Jesus meninos,
tentam, tentam... E continuarão tentando...
Tanto quanto aquele que hoje, sabemos...
Veio para nos ensinar o bem!

E,
Morreu na cruz!
Tentando como os nossos pobres meninos,
chamar a nossa atenção!

Até quando caminharemos fingindo
que não vimos?

Os nossos meninos, morrem no asfalto,
pelas avenidas da vida, tentando...

Até quando?
Mas hoje,
Como todos os dias...
Nascerão muitas esperanças!































































paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 23/12/2005
Reeditado em 13/04/2006
Código do texto: T89738

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470267 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:55)
paulo cesar coelho

Site do Escritor