Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sorte Ou Azar?


Acordo atrasada, vou para o banho, falta energia elétrica, banho frio!
Borro a maquiagem, ninguém merece! Não tenho tempo para tomar café, não acho as chaves do carro, pego a chave reserva.
Sai da garagem em disparada, esqueci minha pasta de trabalho, transito infernar, quando consigo chegar ao local não há onde estacionar, meia hora depois consigo entrar no escritório.
Reunião cancelada no dia anterior e ninguém me avisa antes!
O transito está mais infernal ainda, uma pancada na traseira do carro, já desço brigando.
- O senhor não tem noção de distancia
- Calma, você está nervosa!
- Não estou nervosa, só não gosto de pessoas desatentas.
- Eu desatento? Você freio do nada!
- Hahaha.. Eu freei do nada né, acho que você estava dormindo! Acorda !!!
- Como vamos fazer?
- Quem bate na traseira é culpado, então você paga!
- Não é assim!
- É assim sim!
- Dá para a moça se acalmar.
- Já disse não estou nervosa, e não diga isso outra vez senão nem sei o que faço!
- Sabe que você fica linda bravinha, rs.
- Agora tá me cantando, cara de pau! Nem adianta vou fazer um boletim de ocorrência, e te processo.
- Que linda toda nervosinha, rs.
- Não estou para brincadeiras, vamos resolver isso agora!
- Qual a pressa?
- Se você não tem o que fazer eu tenho.
- O que por exemplo?
- Que ousadia! ( não tinha resposta )
- Façamos o seguinte, vamos retirar os carros deste local, há uma cafeteria ali... vamos tomar um café e resolvemos o assunto, tudo bem moça brava ?
- Tudo bem!
Manobro o carro pensando esse cara vai tentar fugir mas eu pego ele, anoto rapidamente a placa.
Não fugiu!
Entramos na cafeteria, papo vai papo vem, sorrisos, olhares, mãos nas mãos, hora do almoço, hora do jantar, um beijo, estamos namorando.
E ele não pagou o concerto do meu carro até hoje rs rs rs ...


Beijos "ÐäMå Ðë ÑëG®ö


***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 17/01/2006
Reeditado em 17/01/2006
Código do texto: T100158

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146136 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:45)
Dama De Negro