Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CIÚME

Penso que não escolhi meu pai, minha mãe, meus irmãos, avós, tios, etc, a menos que como dizem, está tudo escrito, nosso destino está pré-estabelecido, temos o que merecemos.
Mesmo que não tenha escolhido estou muito satisfeito com todos, amo cada um de uma forma muito especial, todos contribuíram com a minha evolução.
Felizmente pude escolher meus amigos, esses sim foram selecionados pela afinidade que sentimos, pelo acaso, pelo fato de estarmos vivendo algo em comum, quer na escola, quer no trabalho ou até mesmo um outro ambiente.
Também pude escolher minhas namoradas, fazia questão de buscar a menina que mais me agradava, sem se importar com a opinião alheia, valia o que eu sentia ou queria.
Esse cara, o ciúme, é um babaca que só interfere e atrapalha qualquer relacionamento, ele mostra o que não existe, ou aquilo que a pessoa acometida desse mal quer acreditar, provoca discussão banal, distorce os fatos, induz a situações delicadas, impensadas, inadequadas, completamente distorcidas e irreais.

Ele é inconseqüente, coloca esposa contra o marido, filho contra pai, não tem sensibilidade, não se preocupa com a harmonia, quer mesmo torturar e gerar conflitos.
Sempre fui surdo em relação a provocação do ciúme, acreditei muito mais em mim, claro que não acertei todas as vezes, nem era a minha intenção, vale a tentativa, o quebrar a cara faz parte da experiência de vida de cada um.
O mais importante é que minhas maiores teimosias em relação aos meus relacionamentos sem dúvida foram para mim os mais gratificantes, minha esposa, por exemplo, foi uma tremenda batalha, parentes e amigos que ficavam no meu ouvido tentando interferir no meu namoro, fui persistente e atendi o meu coração, nos casamos, tivemos filhos, hoje temos um neto e somos muito felizes. Como qualquer casal, de vez em quando sai algum bate boca, o que é muito normal.
Meu pai dava o maior duro para manter a família, tivemos uma infância muito difícil, graças as pessoas que cruzaram o meu caminho, as oportunidades fizeram com que desenvolvesse uma consciência forte do que é dificuldade, dou o maior valor, evito desperdícios, procuro da mesma forma, passar tanto para os meus filhos como para os meus amigos, esses valores.
Não admito humilhar uma pessoa mais simples, independentemente da situação, isso é terror, nunca devemos pisar em alguém, se você não gosta duma pessoa, ignore, porém, não seja idiota em maltratar e diminuir, você não faz idéia de quanto está prejudicando tanto a pessoa como a si mesmo. Nossa vida é passageira e nada passa despercebido, tudo tem sua razão embora nem sempre percebemos, se esforce para viver com dignidade e sempre que puder, ajude seu irmão, isso o fará feliz.


vladis.fernan@globo.com
 
Vladis
Enviado por Vladis em 30/01/2006
Código do texto: T106234
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vladis
Matão - São Paulo - Brasil, 58 anos
143 textos (61940 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:21)
Vladis