Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESRESPEITO

Dá dó ver como o ser humano é egoísta, só pensa em si próprio, sempre querendo levar vantagem. Numa fila de banco fica muito evidente, o esperto é aquele que tem pressa, que está sempre com o nariz empinado, não vê ninguém, fica atento a oportunidade que surge para resolver o seu problema, ainda que tenha por exemplo, tomado a vez de outra pessoa.
O comerciante que facilita em ilimitadas vezes, sem entrada e sem juros, quanta babaquice! É claro que algumas pessoas ainda se deixam levar por informações enganosas, mas, a maioria, está mais preparada e não caem nessas armadilhas.
Você nunca se comoveu com a situação de uma pessoa que vem lhe pedir ajuda? E depois que você o ajudou vem a saber que foi enganado, te disse que era para comprar alimento para os filhos e usou o seu dinheiro para beber cachaça. Como você se sente?
Um anúncio de que determinada mercadoria está com um preço promocional muito interessante o faz se deslocar quilômetros para aproveitar a oportunidade e quando chega no local, para sua surpresa o estoque se acabou e isso o deixa muito puto, a ponto de não querer mais ouvir falar dessa empresa.
O que abordamos até o momento é sem dúvida uma falta de respeito para com o ser humano, mas muito pior que tudo isso é você não ter onde morar, estar com o aluguel atrasado, estar desempregado, estar com o saldo bancário estourado, ganhar uma merreca que não atende suas necessidades mais básicas.
Ver seu filho com vontade de comer um doce ou ganhar um brinquedo e você não ter condição de lhe proporcionar essa alegria.

Enquanto um bacana está protestando por não poder trocar de carro ou instalar uma TV a cabo por exemplo, seu irmão está se sujeitando a fazer algum tipo de trabalho ingrato, mas necessário para tentar ao menos colocar comida em sua casa.
Nosso país sofre muita desigualdade social, a distribuição da riqueza está direcionada para uma parcela pequena e privilegiada, deixando a maioria disputando o resto, provocando injustiças e miséria, maltratando sobremaneira nossos irmãos.

Não acredito que a solução possa vir dos nossos políticos, minha convicção é que só a conscientização através de princípios religiosos, amparados pelo nosso Pai, possa realmente mudar esse cenário e propiciar uma divisão mais justa e  respeitosa, dividindo mais coerentemente as riquezas que a nossa mãe, Universo, nos oferece gratuitamente.

vladis.fernan@globo.com

Vladis
Enviado por Vladis em 02/02/2006
Código do texto: T107421
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vladis
Matão - São Paulo - Brasil, 58 anos
143 textos (61941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:07)
Vladis