Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESQUISITO

Você implica com o meu nome, não entende porque moro naquele lugar, acha que me faço, não consegue me ver como sou, pensa que não existo. Qual o problema de eu gostar por exemplo de liberar adrenalina? Não vem com essa de que já passou meu tempo, esse é o meu tempo, não me importo com o que os outros pensam ou acham de mim, faço o que e como quero, gosto de me relacionar com qualquer tipo de pessoa, não tenho preconceito, evito pré julgar, não me perdôo por cometer enganos, principalmente se tratando de comportamento, caráter, personalidade, etc.
Se você não me aceita porque não bebo, não fumo e nem lido com drogas, problema seu, nunca me importei com a sua opção, portanto você não tem escolha, é me aceitar assim como sou ou viver a sua vida e eu a minha.
Gosto de caminhar e enquanto caminho geralmente fico a disposição dos eventos que ocorrem no meu percurso, é uma mãe coruja que está ensinando seu filhote a caçar e a se abrigar quando qualquer ameaça surge, é um cachorrinho morto no meio da rua que me comove e sugere que o retire dali, o acomodando noutro lugar, claro que não o enterrei mas não o deixei no caminho, é uma simples pena de uma ave que apanho e fico imaginando quem seria seu dono, qual panorama já curtiu enquanto estava voando, como se desprendeu da ave, etc, são os carros, as motos, outras pessoas que também caminham, pássaros se ajeitando nas árvores, o sol se pondo, a lua surgindo, poderia escrever muito mais, é fantástico curtir de verdade os momentos que passam bem na nossa frente e que às vezes quer pelo estresse, quer pela falta de sensibilidade, não percebemos, simplesmente caminhamos vazios, como um casal que anda metros de distância um do outro, dá para aceitar essa situação? Não fazem idéia do que estão perdendo, esse instante é único, se você não está andando de mãos dadas com a sua amada agora, já era, esse nunca mais você recupera, contudo, nunca é tarde para aprender e aceitar, a partir de então, não mais desperdice oportunidade, sinta através do entrelaçamento das mãos, o calor, o pulsar, a energia, pense algo muito legal e tente transmitir por esse meio, como se fosse uma ligação, depois pergunte se ela recebeu a mensagem e vice-versa.
Sou incomum, excêntrico, esquisito, sou assim mesmo e não me orgulho e nem me censuro, até que gosto desse meu jeito, atribuo isso à espontaneidade, a originalidade, procuro ser correto, honesto, sincero, aliás isso é obrigação nossa como ser humano, manifesto meu sentimento sempre que posso, sou discreto e geralmente não expresso isso em público, procuro ser reservado, gosto de olhar nos olhos e penetrar no íntimo com quem estou tratando.
Não se preocupe comigo, o que você achar legal em mim, copie, não há nada de errado nisso, por outro lado, aquilo que faço e não te agrada, é estranho, esquisito, use para evitar em você, logo, sempre estarei contribuindo, quer pelas qualidades, quer pelos defeitos. Com certeza tenho qualidades e também defeitos.

vladis.fernan@globo.com

Vladis
Enviado por Vladis em 07/02/2006
Código do texto: T109170
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vladis
Matão - São Paulo - Brasil, 57 anos
143 textos (61873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:36)
Vladis