Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se um dia você voltar

Não sei se ainda estarei te esperando, se ainda estarei com meus braços abertos para você,
se irei aceitar os restos de tuas buscas, por que sei que você está com outra pessoa,
que tua busca ainda não terminou e talvez nunca termine.
Calei-me diante das mentiras que ouvi da tua boca
Há muito tempo que eu sabia que você não gostava de mim
O suficiente para superar tua fragilidade como homem
Talvez você nunca venha a gostar de ninguém
Porque você é assim, precisa trocar de amor como troca de roupa.
Você nunca conseguirá se libertar do passado
Vive comparando as pessoas que se aproximam de você
Com aquela que te traiu e te magoou no passado
Como desculpa para tua insensibilidade e indiferença.
Não existe amor, por maior que seja que consiga sobreviver
A tanta falta de consideração, tantas comparações
mentiras, falsidade, traições e ingratidão.
Nunca pude expor a você minhas qualidades,
O quanto eu poderia ter sido melhor como mulher,
Como amiga e companheira para todos os momentos,
Sempre que eu tentei você colocou obstáculos intransponíveis
Você criou um mundo particular e é neste “falso refúgio”
Que você encontra um pouco de paz e segurança,
que está tudo que tem e as poucas pessoas pelas quais você tem um sentimento
Sincero e verdadeiro, pelas quais você simplesmente continua sobrevivendo,
construindo castelos de areia sempre temendo a maré da vida.
A única verdade que sei é que de alguma forma
Você está colhendo o que plantou durante toda tua vida
Sempre tenha em mente que nunca se deve fazer com
As outras pessoas o que você não quer que façam com você mesmo
A vida sempre nos devolve tudo em dobro ou mais,
Sejam as coisas boas ou más que fizemos aos outros.
Sei que meu maior erro foi ter te amado demais
E quem sabe o que poderá acontecer comigo e com você afinal nada acontece por acaso,
quem sabe ainda possamos superar essa crise e termos um futuro juntos,
Ou se seremos apenas bons amigos.
Só mesmo o tempo dirá o que nos espera.

Adelaide Wlodkovski
07/07/04
Ade Wlod
Enviado por Ade Wlod em 21/02/2006
Reeditado em 19/06/2009
Código do texto: T114730

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ade Wlod
São José dos Pinhais - Paraná - Brasil, 55 anos
59 textos (8529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:33)
Ade Wlod