Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAZIO

Estamos entrando em 2.005 e deveríamos estar celebrando todas as conquistas realizadas no decorrer de 2.004, agradecer todas as bênçãos recebidas, a saúde que desfrutamos, o alimento que ingerimos, as amizades que mantivemos e as novas que fizemos, os conhecimentos adquiridos, os relacionamentos com nossos irmãos, a paz, a felicidade, o amor, a fraternidade, a bondade, etc.

Infelizmente momentos mais difíceis e complexos também fazem parte do nosso cotidiano e esses algumas vezes marcam muito mais, nos ensina de fato e nos posiciona, mostra com clareza que o orgulho não nos leva a lugar nenhum, só com muita humildade e simplicidade que esse fardo pesa menos, o suficiente para a nossa resistência.

Não bastassem problemas de ordem pessoal, profissional e familiar, ao nosso redor, a todo o instante, ocorrem barbáries, tragédias e ocorrências que nos influenciam negativamente, nos estressa e nos deprime, nos deixando em constante tensão emocional.

Por quê sentimos um vazio dentro de nós? O quê nos falta? Temos uma família maravilhosa. Uma esposa única. Filhos que nos enchem de orgulho. Temos um lar. Temos um automóvel. Temos um certo conforto em nossa casa. Temos muitos amigos. Mas ainda falta algo.

O que sentimos é um vazio no nosso coração, esse espaço só pode ser preenchido quando entramos em sintonia e nos afinamos com o plano celestial, essa é a morada de Jesus, que nos ama e quer se alojar nesse compartimento, para isso é necessário ignorarmos tudo o que temos e sermos verdadeiramente, filhos fiéis ao Pai, freqüentadores da sua Casa, temos que nos reeducar e voltar a agradecer pelas simples coisas que nos acontecem, sermos solidários e participar mais ativamente da nossa comunidade.

Jesus nos chama e diz que nos ama, Ele pode tudo, nada acontece por acaso, vamos nos dar uma oportunidade, receber Jesus em nosso coração, vibrar, sentir e permitir que através da Sua vontade o nosso caminho se ilumine, que vejamos com olhos puros, de cristão, que contribuamos com nossos irmãos que passam por dificuldades, que ouçamos os clamores dos nossos irmãos, que tenhamos inteligência e sabedoria para amenizar ou resolver seus problemas, que entendamos o comportamento das pessoas sem julgamentos, que estendamos nossas mãos, que acolhamos todos os necessitados. Isso não se faz sozinho, é através da comunhão de propósitos e ideais, disposição, vontade e muita união.

Quero publicamente agradecer a Deus por tudo que já recebi, me vejo como privilegiado em todos os sentidos, não tenho nada a reclamar, apenas agradecer, o mínimo que posso fazer para retribuir todas as bênçãos e glórias, é ajudando meus irmãos e essa atitude não se faz com divulgação ou propaganda, creio que quem assim age acaba anulando sua ação.

Querida (o) irmã (o), podendo fazer algo de bom para seu semelhante, não hesite, faça, mesmo que seja uma oração, porém nunca, jamais, se atreva a fazer o mal a alguém, não sabe o quanto estará se prejudicando, pois a vida é eterna e um dia terá que prestar contas dos seus atos.

vladis.fernan@globo.com

Vladis
Enviado por Vladis em 26/02/2006
Código do texto: T116309
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vladis
Matão - São Paulo - Brasil, 57 anos
143 textos (61700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:26)
Vladis