Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Suicídio!

Tem momentos que paro de pensar na vida
Minha respiração descansa,
Meus movimentos desaparecem
Meu coração não bate mais descompassadamente,
Imagino o silêncio da minha alma,
Vagando achando que vai descansar
Que estará se livrando da  infelicidade, da tristeza que assola minha vida
Num segundo o filme em preto e branco passa em minha mente
Meu nascimento, o crescimento, mudanças em minha face.
Minha escola, meu aniversário, meu casamento, meu parto.
Momentos felizes, infelizes, lágrimas que deixei o tempo apagar.
Outras que nunca deixei que parassem de correr
Por momentos, mergulho nesse mundo de lembranças
Não tenho lágrimas na escuridão, mais temo não ter retorno
Sento agora na escada, será o suicídio da minha vida?
O caminho para o renascimento?
Fecho os olhos e o tempo não para
Alguns vão chorar, outros não irão sofrer e a vida tem que continuar
E eu?
Bem, eu  não posso temer a vida para achar solução na morte
O suicídio não pode ser solução para a alma
A vida mais que vivida, multi-colorida com pinceladas de preto, mais que bem resolvida
Será sempre vida!
Volto a respirar, vou regar meu jardim, vejo o sol...
Poetisa de Gaia
Enviado por Poetisa de Gaia em 05/03/2006
Reeditado em 05/03/2006
Código do texto: T118883

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa de Gaia
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (40112 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:32)
Poetisa de Gaia