Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olá amigos e poetas,

Li no mural alguns textos que me chamaram atenção, como a liberdade de expressão existe e eu respeito também vou usar a minha liberdade de expressão e espero também ser respeitada.

Quanto ao uso do Mural

01) - Regra básica de uso do mural do Recanto Das Letras

"Aqui é permitido publicar comunicados, avisos, informativos, anúncios e outras mensagens do género para os leitores do site, desde que não sejam de natureza comercial, sexual ou divulgação de correntes. "

Não percebo nenhuma violação da regra feita por mim ou por qualquer outro usuário do Recanto Das Letras.

***

02) Divulgação na área de comentários.

Dentro das regras de uso do Recanto não há menção alguma sobre ser vetado o uso desse recurso
O " Usuário" possui ferramentas criadas pelo Recanto para retirada de textos indesejados em sua pagina, bem como a ferramenta de bloqueio, estão a disposição na escrivaninha de cada um de nós.

Comentários
------------------
Recebidos
Enviados
Bloqueados

De fácil manuseio e eficaz, basta clikar e agir com bem aprouver a cada um dos usuários do Recanto.

***

03) Entendo eu que se me interesso em estreitar laços de amizade com alguém tenho varias maneiras de feze-lo em um espaço privado e para isso disponho de E-mail, MSN, Skype, Yahoo, Paltalk e semelhantes.

Entendo eu que um Mural é uma ferramenta de divulgação rápida onde todos expõem suas ideias, tenham elas o tamanho que tiverem, e respeitando ás regras de uso do mesmo.

E por ultimo:

O seu direito termina onde começa o direito dos outros.

Como não violei os direto de ninguém e sigo ás regras de uso do Recanto das Letras continuarei usando os meus direitos que me são concedidos dentro do Recanto Das Letras.

***

Observação: texto também publicado no Mural.

Beijos "ÐäMå Ðë ÑëG®ö"

***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 07/03/2006
Reeditado em 07/03/2006
Código do texto: T119816

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146139 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:25)
Dama De Negro