Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"ÐäMå Ðë ÑëG®ö"

Hoje a Dama está mais De Negro que em outros dias.
Alma calada, sorriso apagado, lágrimas caem.
Tenta passar alegria, mas não consegue, a Dama não sabe esconder o que sente.
A Dama escreve o que sente, como sente quando sente e neste momento está inerte, nada sente.
Mas o tempo se encarregará de tudo amenizar, e a Dama tal com Phenix das cinzas ressurgira.

Beijos "ÐäMå Ðë ÑëG®ö"

***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 28/03/2006
Código do texto: T129798

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146155 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:57)
Dama De Negro