Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PORQUE JULGAS?

Muito fácil julgar os outros,
pela maneira de pensar, de ser e de agir.
Julga-se com muita freqüência, sem se preocupar com os resultados e com a fácil maneira de cometer injustiças e ainda ousa-se pensar que, praticou atos acertados.

Ninguém é dono da verdade.
O que parece um ponto no infinito para um, pode significar a própria eternidade para outro.
A vida nos ensina, às vezes de maneira drástica, já em
outras vezes, tão serenamente...
E tudo sempre acaba numa lavratura de aprendizados...

Vale quem sabe observar, quem sabe ouvir,
quem não tem pressa, quem aprende a aceitar,
sem os padrões de resistências, tão comuns nos dias de hoje.

O ser necessita de amparo, o tempo todo, do universo da grande harmonia.
Precisa se esforçar para melhorar a cada dia, deve dar as mãos, num só ideal, comunicando que dentro dele há um coração que ama e que sabe perdoar, um coração programado para o bem, por ser prudente e capaz!
O universo está aberto a todas as espécies, mas é os ser humano o alvo de sua maior preocupação.
Pois o livre arbítrio o faz diminuto ou grande entre os valores.

A vida somente é compensada, quando inserimos em nossos espaços o exercício da virtude, quando o amor é compreendido em todos os movimentos e preenche tudo com sua porção sábia de alegria, de luz, de grandeza e de esperança.

Aquele que aponta seu irmão, hoje
será o alvo dele amanhã,
ou simplesmente, terá seu lugar propriamente, marcado.
“Dar César o que for de César”.
Mas a essência, o que for simples e elevado!
                 Fim desta, C. Santos.
Akeza
Enviado por Akeza em 31/03/2006
Reeditado em 31/03/2006
Código do texto: T131327
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403136 leituras)
59 áudios (107998 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:55)
Akeza