Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
AMAZÔNIA ESTÁ GEMENDO, A






pela maldade do homem devastador
da Amazônia nativos esmorecem
pela ambição do homem explorador
as árvores e os animais padecem

todo seu lindo verde, nosso pulmão
cada vez mais e mais é agredido
pelo fácil dinheiro que vêm na mão
floresta chora num lamento sofrido

com riqueza da grande floresta
homens ambiciosos fazem a festa
e tudo isso tem sido algo normal
inconscientes do intenso mal

A natureza cambaleando está gemendo
despreocupados quase ninguém temendo
mas, mesmo com dor prepara a vingança
e neste dia não haverá perdão nem esperança

A fé avisou, a ciência já comprovou
para grande parte da humanidade
que ouviu, mas o conselho não aceitou
virá tragédia e caos, muita enfermidade

será tarde, nem mesmo uma oração
isentará a maioria dos seres humanos
da destruição, da estrondosa assolação
causada pelo homem por seus atos insanos.

****************************

Ciranda Grupo Ecos da Poesia:
Amazônia, último suspiro
Iniciada e coordenada por: Victor Jerônimo

para ler outros autores, acesse:
http://www.abrali.com/ecosdapoesia/cirandas/amazonia_1.htm
seu carinho no livro de visitas será bem-vindo
Sueli do Espirito Santo
Enviado por Sueli do Espirito Santo em 04/04/2006
Código do texto: T133442

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sueli do Espirito Santo
Santo André - São Paulo - Brasil, 65 anos
1456 textos (234530 leituras)
1 e-livros (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:05)
Sueli do Espirito Santo