Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Autores,concorram!

Amigos,concorram,por que não?!

Jamais me furtei a divulgar concursios literários,pois considero que para ganhar,ser classificados,dependemos,além,de escrever bem(corretamente o Português e de forma criativa,pessoal),precisamos ter a SORTE de que os membros de júri,daquele júri,gostem.Um texto que não vai bem em um,poderá estar nos primeiros lugares em outro certame.
Divulgar para "todo mundo" não me impediu de ganhar honrosos primeiros lugares, ser classificada e certa feita com um mesmo conto,recebi um terceiro lugar em duas cidades,ao mesmo tempo(na ASES de Bragança Paulista,S.Paulo e da Academia Dorense de Letras,Boa Esperança,onde.digo com prazer,era totalmente desconhecida.Hoje,depois de ir a Boa Esperança,Sul de Minas,receber meu prêmio,sendo festivamente recebida pelos membros da academia,já fiz palestra sobre Carlos Drummond de Andrade,voltei para receber segundo lugar em poesia moderna,num outro concurso,etc.Quando meu marido era vivo,ficávamos sempre na Pousada catavento,do Engenheiro Edésio e hoje dele e da Tetê.Ao saber do concurso e não tendo o endereço,enviei o envelope aos cuidados de Edésio,que com a natural boa vontade de mineiro do interior,o fez.E pretendo,em setembro,ir ao Encontro de Poetas da ASES,pois não pude ir a bragança paulista à época..Assim,a confraternização entre os que têm o dom de escrever,vai se ampliando.A alegria é muita.Os trovadores que o digam!Já prometi ao a.A.Assis,à premiada Gislaine Canales(que hoje aniversaria,por sinal),premiadíssimo trovador,que vou agora, em 2006,concorrer em Jogos Florais.Em JUiz de Fora,q7uandio presidente da UBT-JF,fui membro de júri e abrir o envelope que conté, a idenjtificação,é uma grande emoção.ASinda lembro quando abrimos o que tinha o nome de Ludgero Nogueira,primeiro lugar num concurso trovadoresco,com tema ..."cego"...O primeiro lugar internacional,foi a poetisa portuguesa Maria Helena(conhecida no Brasil,à época,por ter escrito.à distância,o livro "Concerto a Quatroo Mãos,com o poeta que mais vendia livros aqui, à época,J.G.de Araújo Jorge).A doce senhora, a quem entrevistei para a Gazeta Comercial,na época,desceu do avião carregando uma daquelas frasqueiras quadradas,que as senhoras usavam,onde estavam amarradas fitilhos-a dançar ao vento- com as cores das bandeiras de Portugal de um lado e do Brasil de outro)
Em alguns lugares,há uma turminha que sempre se classifica comigo:Terezinha Renno,de Itajubá,Sul de Minas,presidente da academia de Letras de lá é uma delas.Outra á Ângela Togeiro,Poeta de primeira qualidade e também membro da UBT-BH,da Academia Municipalista Feminina de Letras,da capital mineira.
Meu conto,À Procura do Eu Perdido,está nos sites Garganta da Serpente,Abrali e outros,editado em revistas virtuais ou de papel,etcAcho interessantíssimo pensar que se recebeu terceito lugar ,devo "melhorá-lo" um pouquinho mais,mas gosto tanto doresultado,que está da mesma maneira como foi escrito:de um fôlego.
Há também quem só concorra onde não há taxas,mas entendo que cinco Reais cubram despesas postais e outras.BNão é tanto assim.Noutros ,como no festival da EEFEI(Escola de engenharia de Itajubá) e de piracicaba,o valor é maior,mas é comouma compra adiantada de exemplares.jamais deixei de receber os devidos livros,que corro para ler e tentar entender porque os outros se classificaram e meu texto nãio.Adoro ler e estou sempre confraternizando-me mentalemntecom ganhadores.
Merece oprimeiro lugar de conto,prêmio ex-aeqüo nos XXIII Jogos Florais do Algarve,em Portugal-e comigo vários brasileiros-foi umfrisson sem nome.Tentei subsídios para a viagem,à époioca,se ficasse uma semana,pagaria menos depassagens aéreas,mas o prêmio eram tr~es dias em hotel e uma excursão pela zona medieval de Portugal(perder isso,um sofrimento,pois,pelo meu sobrenome,Pessoa,veem logo minha ascendêencia portuguesa).Tentei Brasília,governo mineiro,políticos(rss,mas esbarrava na burocracia:o prazo estav curto,quando anotcia chegou).Amarguei a frustração.mas logo depois,receb uma delicada carta do RACAL Clube,promotor do evento,dizendo que por lá estivera Condorcet Aranha,o nono lugar,um escritor muito premiado e mandando-me um belíssimo prato de Bronze,onde estava gravado que o Governo do Algarve agradecia minha presença entre os portugueses.Certamente,a gravação já estava feita quando,chorando por dentro,depois de honrosa luta,mandei dizer que não iria.Foi bem á época dos desmandos do governo Collor,onde ficamos sem economias e meu marido,pela primeira vez desde que se formara há anos,desempregado.Ele me ajudava,ligando para agências de turismo,secretarias...Mas isso foi algo como "Combater o Bom Combate"-interessante é que apesar da pesada e bela medalha,que veio junto,retratar Samora Barros,um poeta português que ,na juventude,desenhava riscos para as bordadeirinhas lusas,eu não sabia dessa característica:conheci o regulamento no último dia,xeroquei o texto e corri para o Correio.Depois ,recebi dos organizadores,o folder,com a biografia do homenageado.O Alto andou colaborando... Meu conto(O Labirinto Negro) é sobre uma labirinteira,descendente de portuguesas et blá blá blá...
No ano passado,o editor Wilmar Silva(selo Anomelivros),falou-me longamento de seu projeto "O Achamento de Portugal",livro que seria editado pelo vice -consulado de Portugal aqui em Belo Horizonte,acenando com as possibilidades de minha participação.Depois,para atender à demanda,não pôde fazê-lo e fiquei chateadíssima,pois queria colocar alguns versos da minha série de poesias feitas para a Terra irmã.O resultado deve ter sido primoroso,pois a Anomelivros é ótima editora.
De qualquer modo,o frisson da expectativa vale apena.Há quem não goste de concorrer,taxando,intimamente,quemo faz de amador.Mas todos os grandesescritores foramum diaamadores.E quando o prêmio vem-como um Nobel de Literatura-é porqueo autor laureado já produziu de forma bastante significatica,a ponto de ser indicado.A propósito,recebi ontem,da Poetisa italiana,Giovana Mulas,poesias para colocar em meu blog(www.clevanepessoa.net/blog.php).Ela já foi indicada mais de uma vez para o Nobel de Poesia.No ano passado,Gabriel Impaglioni,seu companheiro,o pedido de mandar ao Governo Italiano um pedido para quel iberassem as devidas leis de incentivo à cultura a seu favor,para que pudesse continuar mantendo sua revista isla nera,onde congrega poetas do Mundo,escritores eartistas.Gabriel e ela ,com outras pessoas,atuam na divulgação de Isla Nera,Isola Nera,(Ilha Negra)etc.,que também em Portugal se faz(conforme divulguei em "Clevane Comenta",boltimeletrônico) e meu blog,na comunidade recantodas letras,etc.Os muitos e-mails que os autores brasileiros enviaram á Itália,demonstra oquanto podemos ser mais fortes.Basta querer.
E.à propósito:por que ter medo de concorrer,de se expor?

Aguardem oClevane Comenta II de hoje,oncomentarei outros nomes de divulgadores do belo...
carinho:
Clevane Pessoa de Aaraújo Lopes
Belo Horizonte,MG




I CONCURSO CASA DO ESCRITOR DE LITERATURA

Poesia - Contos

Regulamento


Com o objetivo de incentivar a literatura em nosso país e divulgar novos talentos, a CASA DO ESCRITOR promove o I CONCURSO LITERÁRIO CASA DO ESCRITOR a partir de 18 de abril de 2006, nas seguintes categorias:

a) Contos;
b) Poesias,
e que será regido pelas seguintes definições:

1. Podem concorrer quaisquer pessoas, desde que os textos inscritos sejam em língua portuguesa. Os trabalhos não precisam ser inéditos e a temática é livre.

2. As inscrições se darão entre os dias 18 de abril e se encerrando no dia 10 de maio de 2006. Os trabalhos enviados após esta data não serão considerados para efeito do concurso, e, assim como os demais, não serão devolvidos. Para tanto será considerada a data de postagem (apenas correio).

3. Os limites de cada trabalho são de até 3 (três) páginas para Contos e de até 2 (duas) páginas para Poesia. Os textos devem ser em folha A4, corpo 12, espaço 1/5 e fonte Verdana ou Arial. Textos não enviados com estas características serão descartados e não serão devolvidos.

4. Os trabalhos podem ser enviados em papel, CD ou disquete 3 ½ para CASA DO ESCRITOR - Avenida Luís Paulo Franco, 434 – 1601 – CEP 30320-570 – Belo Horizonte - MG, com a sigla destacada na página frontal do envelope: “I CONCURSO CASA DO ESCRITOR DE LITERATURA” e a categoria em que texto concorrerá: CONTOS ou POESIA. No anverso deverão constar remetente completo e somente (01) um texto por envelope enviado, além de cópia xerox do depósito do valor correspondente.

5. Tanto os CONTOS quanto as POESIAS devem ser remetidos em 1 (uma) via, devendo, em folha (ou arquivo) separada, conter os seguintes dados do concorrente:
Nome completo;
Pseudônimo (caso use):
Nome com o qual assina a obra;
Data de nascimento / profissão identidade / CPF;
Endereço (com CEP);
e endereço eletrônico (e-mail), além de autorização tácita para publicação, no caso de vencedor, do texto enviado.


6 . Cada concorrente pode inscrever quantos trabalhos desejar, em cada categoria, seja “POESIA” ou “CONTO”, apenas em língua portuguesa.

7. O valor de inscrição para cada texto é de R$ 5,00 (CINCO REAIS) para sócios da CASA DO ESCRITOR quites com suas mensalidades e de R$ 10,00 (dez reais) para todos os demais concorrentes não sócios da CASA DO ESCRITOR.
Os valores descritos acima deverão ser depositados em favor de Alexandre J. S.Rego, Caixa Econômica Federal, Agência 0092, Operação. 013 - conta poupança Nº 71523-2 ou no BRADESCO, Agência 1246-7, Conta Poupança Nº 1000404-7.

8. A cópia xerox dos comprovantes de depósito (nos quais os concorrentes escreverão o nome) devem ser remetidos para CASA DO ESCRITOR juntamente com o texto participante. Não serão aceitos comprovantes por fax ou e-mail, apenas pelo correio e acompanhado do texto a que faz referência. Nenhum valor de inscrição será devolvido sob qualquer pretexto.

9. Os resultados serão divulgados pelo nosso site www.casadoescritor.com pela mídia e individualmente a todos os participantes, no dia 05 de junho de 2006.

10. Cada Comissão Julgadora será composta por 3 (três) nomes ligados à literatura e com reconhecida capacidade artístico-cultural.

11. Cada Comissão Julgadora pode, a seu critério, conceder menções honrosas.

12. As decisões das Comissões Julgadoras são irrecorríveis.

13. Para cada Categoria (Contos e Poesias), a premiação será
nos seguintes valores, dos quais serão descontados possíveis impostos legais:
Primeiro lugar: R$ 1.000,00 (mil reais);
Segundo lugar: R$ 750,00 (setecentos e cinqüenta reais);
Terceiro lugar: R$ 500,00 (quinhentos reais);
Quarto a décimo lugares: menções honrosas.
Os textos premiados, inclusive os que forem agraciados com menção honrosa, poderão ser publicados em livro (sem ônus para seus autores) e cada um destes autores receberá dez exemplares, em troca do que cedem os direitos autorais para esta edição específica que não poderá ultrapassar a tiragem de 1000 exemplares.

14. A inscrição no presente concurso implica na aceitação plena deste regulamento.

BRASIL, 17 de abril de 2006.

I CONCURSO CASA DO ESCRITOR DE LITERATURA
www.casadoescritor.com



Se você ainda não se associou a CASA DO ESCRITOR aproveite mais esta grande oportunidade!

-----Mensagem original-----
De: Clevane Pessoa [mailto:cpotiguara@yahoo.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 20 de abril de 2006 00:17
Para: casadopoetabrasileiro@yahoo.com.br
Cc: admin@casadoescritor.com; contato@amigosdolivro.com.br; contato@varaldaliteratura.com.br; contato@recantodasletras.com.br
Assunto: Clevane Comenta(III):A Poesia pede passagem/Concurso Literário


Amigos;sempre defendo a idéia simples mas eficiente de que os poetas e escritores outros devem se unir,pois nossas vozes ,em uníssono,em quaisquer línguas,chamarão mais a atenção que uns poucos em algaravia ou o solitário que se esconde embora escreva..
Acabo de receber,pelo Pórtico Lítero Poético,da Consulesa de "Poetas Del Mundo"em Minas Lisieux,nossa cara companheira na lida poética e excelente tecelã de versos,o regulamneto abaixo.
Divulgue e quando o fizer,dê um feed back para os organizadores.

A POESIA PEDE PASSAGEM, como exclamo naquele meu velho poema.

Coloco meu site á disposição,para divulgações similares:(www.clevanepessoa.net/blog.php)
Aproveite para visitá-lo,deixar suas impressões nolivro devisitas.
Um abraço pascal,que essa Páscoa abra passagem para sucesso e alegria,paz e criatividade!
carinho:
Clevane

Delegada da ALPAS XXI em MG,Brasil
clevane pessoa de araújo lopes
Enviado por clevane pessoa de araújo lopes em 20/04/2006
Código do texto: T142181

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autor e o link para o site "www.sitedoautor.net(Clevane pessoa de araújo lopes;(www.clevanepessoa.net/blog.php)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
clevane pessoa de araújo lopes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
555 textos (176749 leituras)
21 e-livros (13424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:31)
clevane pessoa de araújo lopes