Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Resentimentos


(Vale a pena ler até o final...)


Você foi maltratado?
Maltratado por aquele cliente?
Pela namorada?
Pelo professor?
Por seu marido ou mulher?
Por seus pais?
Pelos filhos?
Vizinhos?
Seu chefe?
Seus colegas?
Até pelo seu cachorro?
Você pode ter razão em ter sentido mágoa, tristeza e desapontamento!
Mas, sentir tais coisas só tem lógica se for naquele momento!
E depois, chega! Nunca mais.

Se você está, ainda hoje, sentindo essa decepção, tristeza ou mágoa com outra pessoa, então você está ressentido (a).
Veja com atenção o significado da palavra ressentimento: re-sentimento, sentir novamente.

Sentir infinitamente, para alguns...
Qual a razão de usar sua mente para sentir novamente coisas ruins, fragilidades ou decepções?
Não me refiro a nenhum princípio religioso, somente a uma razão prática: sentir coisas ruins novamente não tem absolutamente nenhuma função, exceto prender você ao passado e tornar você uma eterna vítima.

Ao guardar qualquer ressentimento você está se acorrentando a alguém que lhe fez mal, mesmo que essa pessoa nem se lembre mais de você!

Você está re-sentindo a dor que só existe em sua memória.
Então, repita comigo: nunca mais.

A outra pessoa, por pior que tenha sido, não será prejudicada por seu ressentimento!
Só você será...
Você desperdiçará momentos únicos do seu dia para pegar o punhal que alguém usou contra você há semanas, meses, anos ou décadas atrás e, acredite ou não, você mesmo estará se apunhalando!

Se o problema tiver sido com um cliente, ficar ressentido não ajudará sua próxima venda.
Se foi com a ex-namorada, não tornará você atraente para a próxima.
Se tiver sido com o marido não vai ajudar corrigir a situação!

Se o caso for tão grave que tenha que ser resolvido em tribunais, deixe advogados cuidando disso e se concentre em sua vida e sua felicidade.
Não caia na armadilha nunca mais.

Viva o momento!
Há momentos de tristezas, decepções, erros, traições...
Chore, reclame, brigue e viva o momento que tiver que viver.
Mas, quando o momento passar, viva o momento seguinte, sem ficar com os grilhões do passado prendendo sua existência...
Esqueça as coisas ruins do passado. ele não existe mais. nunca mais.

E, se mesmo com toda a lógica do mundo, você ainda estiver "sentindo re-sentimento" e mágoa de alguém, lembre-se do que disse William Shakespeare: guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra. 

Mensagem recebida de Joyce Lage por email

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 25/04/2006
Código do texto: T145154
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173762 leituras)
23 áudios (10650 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:31)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor