Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mensagem de Esclarecimento...

Tenho recebido alguns e-mails perguntando ou então solidário com o meu triste pensar na poesia...
Querido amigos e leitores, gosto de escrever, quando estou com meus Neurônios Pensantes Aflorados..saio escrevendo tudo que penso com relação a amor, e quando o poema é tristeza...
nem sempre estou realmente triste, agora quando uma dor se faz, normalmente escrevo sobre ela sim, isso é um exercício de colocar para fora o sentimento desta estrapolada Dor.
Sempre gostei de escrever e qualquer título que me vem a cabeça é um motivo para escrita, assim como também completar um pensamento poético de poetas deste recanto...
è muito facil pra mim lêr e automáticamente completar, principalmente se o tema for amor...que é a marca de todas as minha poesias!
Escrevo por gostar..e nem sempre sinto ou vivêncio o que a imagem ou escrita contém, acho que na maioria das vezes é assim com todos os poetas escritores...Certo!

"Fica aqui meu esclarecimento, um sorriso passando muita energia de paz a todos vocês, meu abraço carinhoso e meu beijo no coração de cada um, agradeço as lindas mensagens que recebo,o carinho de amigos e colegas recantuais...assim como o carinho doado de cada leitor que passa em meu recantinho de amor."

"Ser poeta,é ser, um ser pensante frutificante de desejos, sonhos, pensamentos, mesmo que o seu modo de vida não seja condizente com a realidade de seus versos, mais o poeta escreve, sonha um amor desejado, pois os amantes precisam do poeta para expressar a sua amada(o) o seu amor, por isso o poeta é imortal, como cada ser vivente desta terra, somente uma diferença faz a imortalidade o poeta ser...a sua obra fica resgistrada nesta dimensão, enquanto ele vai poetar em outra esfera!"

"Cláudia também é um ser pensante!...rs"

Cláudia


lindamulher
Enviado por lindamulher em 03/05/2006
Reeditado em 03/05/2006
Código do texto: T149530
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Aparecida Franco de Oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lindamulher
Itirapina - São Paulo - Brasil, 57 anos
1582 textos (129597 leituras)
3 áudios (322 audições)
4 e-livros (303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:37)
lindamulher