Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Parem Tudo!!!

 Para Tudo!!!
Esqueceram de mim.
Esqueceram meu passado, meu presente e já não sei se terei futuro.
Largaram-me num canto qualquer, na esquina da morte.
Ou bem perto do largo do desprezo.
Esqueceram que eu fui eleitor.
Que eu fiz valer meu voto.
Que paguei caro meu imposto.
Tudo o que precisava eu fiz.
Mas, hoje estou velho, por isso eles não precisam mais de mim...
Já não tenho o mesmo valor, já não presto mais.
Só quem ainda espera de mim algum lucro, e a casa de madeira que agente  entra e não sai, nunca mais...
Sabe quem sou?
- Sou um aposentado, hoje! um velho coitado, cheio de dores, que sofre mais com o preconceito, por ficar velho e não ter outro jeito.
Porque cheguei primeiro a uma idade, onde a maioria dos jovens da cidade, não terão o prazer de chegar.
Fico feliz por ser velho, e triste pelo desprezo da sociedade que eu ajudei a formar...
Por isso eu grito ao mundo, esqueceram de mim, sou velho, mas, fui trabalhador honesto e nunca vagabundo.
NadaHaver
Enviado por NadaHaver em 12/05/2006
Código do texto: T154804

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
NadaHaver
Itapecerica da Serra - São Paulo - Brasil, 44 anos
47 textos (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:08)
NadaHaver