Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que será da juventude?

O que será da juventude? Se continuarmos agindo com veemência fechando os nossos olhos, para as crianças, adolescentes e jovens como se o mundo que nos rodeai fosse eu e nada mais.
Será que já paramos pra pensar e refletir sobre como estamos atuando com relação ao futuro de nossa sociedade, pais ou do mundo?
Obviamente posso não importar-me, mas não posso fugir da realidade e negar que as conseqüências estão ficando cada vês mas  evidentes, e tendera aumentar al passar dos anos ou meses.
Pense um pouco quantas crianças, adolescentes ou jovens você conhece que vive em situação precária, mesmo ate os que você não conhece, sem casa, sem família, sem identidade, sem educação, sem proteção, sem tempo pra viver a vida, pra ser criança, adolescente ou pra ser jovem, muitos nem ao menos chegam a ser adultos acabam ficando pelo caminho, morrendo de fome ou entram nos vícios, na prostituição ou nas drogas, assim não tendo como escapar do mundo da marginalidade ou do crime.
Bom mas mesmo assim ainda posso disser, não tenho nada com isso não é meu filho, meu irmão, meu sobrinho, afinal nem conheço a grande maioria dessas crianças ou desses jovens.  Porque vou importar-me? Não tenho obrigação, não é meu dever.
Você também pensa assim? Também acha que as crianças que estão se perdendo e problema dos outros, que elas se virem se puder se não puder problemas delas?  Você e desses que a ignorância fala mais alto a ponto de não ver que nos é que estamos prejudicando o nosso futuro? Toda vês que acontece algo de mal um furto, um suicídio, ou algo da mesma natureza, nos sempre culpamos os nossos representantes como governadores ou presidente, mas não paramos pra pensar que aquele ladrão ou homicida já foi criança, e que em sua adolescência todos fechavam as portas tirando-o todas as possibilidades de andar por um caminho correto, assim essa criança foi crescendo e aprendendo a se defender sozinho sem que tenha alguém que o guie e diga o que é certo ou errado, sem família, sem casa, sem identidade, sem educação, sem proteção. Como poderíamos querer que essa criança crescesse e se tornasse um cidadão respeitado e admirado dentro da sociedade, que se fechou para ele. O que podemos fazer? Pense um pouco essas crianças que batem em sua porta às vezes pedindo pão ou leite, si não fizermos nada por elas vão se tornar os próximos bandidos de nossa sociedade não porque querem, mas porque é o que a vida ira proporcionar para eles.
Acho que já é mais do que na hora de unirmos é lutarmos por o nosso futuro, e darmos uma oportunidade para esses filhos de ninguém, dar educação, carinho, família porque não, para que amanha não tenhamos que ser surpreendidos por eles, mas  sim pra que possamos sentir orgulho em dividir a sociedade com pessoas de bem, totalmente conscientes de que deve ser vivida com muita irmandade. Assim si hoje dermos para essas crianças esta chance amanha elas nos darão a tranqüilidade de viver em uma feliz sociedade, com respeito, com carinho e principalmente com muito amor...


Sidney Conceição...
Sid Conceição
Enviado por Sid Conceição em 14/06/2006
Código do texto: T175326

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sid Conceição
Paraguai, 36 anos
56 textos (3598 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:04)
Sid Conceição