Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por que de tantas dores?

Por que de tantas dores...

Solidão que nos perssegue, abandonados na triste noite de sabado.
Espero por vc e nem um telefona  recebo..
Aguardo no silêncio da noite noticias suas...
O sol quase a despertar, os passaros a soviar...
e vc nem ao menos um Adeus.
Surge os primeiros raios de sol, a suave brisa dO luar...e meu coração continua á chorar.
Em meu rosto apenas as marcas de uma espera angustiante..
e em meus cobertores a marca de lagrimas que escorreram De minha face... e vc onde está?
Sinto um calafrio em meu corpo, sinto que algo aconteceu...
mas o quê?
Fico a olhar pela janela... se encontro um pequeno sinal...
De repente vejo um menino correr em minha direção...
Assombrada abro a porta a espreita de noticia sua...
o menino passa direto e respiro com certo alivio...
Fecho a porta e meu telefone toca...
atento a tudo, fico a escutar um breve ...tum...tum...
Minha porta alguém bate... fico estremecida em panico...
abro a porta....
e é Você...
que com um simples sorisso, me pede desculpa...e me abraça.
Por que nós nos assustamos tanto com a demora de alguém, se não consegue chegar a tempo?
eag
Enviado por eag em 16/06/2006
Código do texto: T176659

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
eag
Dourados - Mato Grosso do Sul - Brasil, 40 anos
73 textos (9428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:16)
eag