Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO ESTIVERES CANSADO...

QUANDO NÃO TEMOS PRA ONDE IR...
QUANDO NÃO TEMOS PALAVRAS...
QUANDO O QUE EXISTE NÃO BASTA...
QUANDO AS ESTRELAS SE CALAM...
QUANDO A SOLIDÃO PERTURBA...
QUANDO O SOL SE ESCONDE...
HÁ UMA VAZANTE NA ALMA
UM CACO NO PEITO
UM RESTO DE HISTÓRIA
ECOANDO POR DENTRO
É PRECISO MUDAR OS PLANOS
RENASCER DO SILÊNCIO
SE REINVENTAR DO MIOLO PRA FORA
DESEMBARAÇANDO OS MEDOS
DAÍ BASTA SOPRAR AS NUVENS PRA LONGE
ANDAR A FAVOR DO VENTO
E SE FAZER FELIZ
NUNCA RESISTA A VIDA
ENTREGUE-SE, RENDA-SE
PASSEIE CONSIGO SEM PRESSA
CUTUQUE AS ESTRELAS
FAÇA GRACEJOS TOLOS
LIBERTE SUAS AMARRAS DE LÁGRIMAS
SAIA DE PANTUFAS SEM GRILOS
VOLTE A SER CRIANÇA
CONTE ATÉ DEZ
ROUBE UM BEIJO
E COMECE A VIDA OUTRA VEZ!  
ELAINE SPANI
Enviado por ELAINE SPANI em 22/07/2006
Reeditado em 06/01/2007
Código do texto: T199370
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ELAINE SPANI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 42 anos
247 textos (11642 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:43)
ELAINE SPANI