Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brisa

Senhor um dia alguém  me  disse  que  eu  olhasse  para  o  céu,  para  vê-lo,  olhei e apenas vi o infinito, o desconhecido, voltei a olhar vi apenas o horizonte, então  perguntei  a  brisa que passava onde o Senhor está que eu não o vejo? A brisa me respondeu: -Já olhastes o infinito? Eu respondi que  sim: -E  o  que  vistes? ela voltou  a perguntar, eu lhe respondi: --Nada vi? Então  a brisa parou e sentou-se a meu  lado  e me perguntou  o  que  eu  tinha  a minha  frente, e  se eu  sabia  o que era a natureza, o que eu sabia sobre as estrelas, ou o que era a lua,  se  eu  sabia  o  que  era o astro-Rei, e me perguntou mais: sabes o que são mares, oceanos  ou  rios! Falou-me  de matas  e  montanhas  e  se  eu  sabia o que era aquele manto verde a nossa frente? Não  disse  eu. A brisa  respondeu: -este manto verde nada mais é que planícies por onde corro livre.
             Continuando me falou de liberdade e  justiça,  falou-me  de  Fé e esperança, e falou
ainda que, o amor e o respeito andam de mãos dadas pelo mundo, irmanados  com a miseri-
córdia e a generosidade, também falou-me de ventos e chuvas, falou  das  quatros  estações,
que se chamam: verão, outono, inverno e primavera, me disse ainda que elas são vitais para
nossas vidas como o ar que respiremos; eu ouvia admirado com tanta  sabedoria, que  conti-
nuei ali ouvindo ela falar sobre tantas coisas bonitas, a brisa  continuou  com  suas  explica-
cões  me  falando  de  arco-íris,  de  pirâmides  e  das  coisas  que  acontecem  pelo  mundo,
falou-me da luz que ilumina nossos caminhos e guia nossos passos, embora às vezes trope-
çamos  em  nossa  própria  soberba, me  disse  mais, que  os  pássaros  que  cruzam  nossos espaços são símbolos de liberdade, como os  animais  que  correm  por  nossas  Campinas à
procura de mais  espaço  para  sua  procriação,  depois  de  várias  horas  de  conversa,  e  já
cansada me perguntou se eu havia entendido tudo o que tinha me falado, eu disse que não, e
perguntei outra vez: -onde está o Senhor?
                 E a brisa cansada me respondeu: -O Senhor está em todas as coisas  que  te  falei, pois Ele é bondade e misericórdia, e disse mais, que Ele está em nossos  corações  como  os
bons Espíritos que nos protegem, e que o amor nos ajuda a combater o mal.
                 Então a brisa se despediu e partiu em direção aos montes.  Sozinho  eu  olhei  em
minha volta e gritei para a brisa que já ia longe, agora eu sei que o  Senhor  é  este  universo
que me foi dado para que nele eu sobreviva como operário na continuação de sua obra.
                  Obrigado brisa, obrigado Senhor...
                   Enfim descobri que o Senhor faz parte de mim.


                                                       Volnei R.Braga
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 28/05/2005
Código do texto: T20428
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:29)
Volnei Rijo Braga