Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAPEL DE PALHAÇO

Por: Ana Carolina

Inspirado em “Eu, etiqueta” de Carlos Drumond de Andrade.

PAPEL DE PALHAÇO

Vive-se um momento em que as pessoas estão preocupadas apenas em ter e não mais em ser, que é o que realmente deveria se prezar!
Como conseqüência dessa nova forma de vivenciar o  estar no mundo, todos viram um utensílio do giro de capital. Mas de que forma?
Além de comprar uma marca , faz-se a divulgação da mesma sem qualquer tipo de remuneração.
A ignorância é tamanha, que essa “coisa” antes chamada de ser humano, faz da sua grande incompetência de ser o que não é, uma ridícula vangloriação.
A grande procura está na originalidade, mas a falta de cultura e perspectiva é tanta, que não se dão conta de que está se perdendo o que é único, a identidade.
O pior de tudo está em compactuar com todo esse ilusionismo, mesmo sabendo do grande “papel de palhaço”, o qual se está exercendo.

Ana Carolina
Ana Carolina
Enviado por Ana Carolina em 11/08/2006
Código do texto: T214265
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Carolina
Guaramirim - Santa Catarina - Brasil, 27 anos
6 textos (2189 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:13)