Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu pai

Pai me dá sua mão!
Você manda no meu coração.

Vem me dizer bom dia.
Falar das suas alegrias.

Vem olhar seus netinhos,
Eles estão crescidos,
Lindos.

São meus orgulhos.
Fiz deles homens
para enfrentar o futuro.
Mesmo sozinha,
dei amor e carinho.

Eles também têm
a mesma dor.
De não ter o pai,
e nem avô.

Perguntam:
por quê?
Mas como vou saber,
responder.

E digo:
Meus amores um dia,
vocês iram entender.
Todos os motivos da vida.
Que levam as pessoas,
queridas.
Para longe de nós.

Pai:
Mas para ser sincera.
Ainda hoje espero,
Você me falar:
Porque deixou de me amar.
Ou porque nunca me amou.


* * * * * * * * * * * *
Dedicado ao meu pai.
Hoje mora em Recife-PE.
Contudo parece mudo,
e isso muito me entristece.

E há 20 anos que não o vejo,
não porque não queira,
só nunca o encontro.
Por preferência dele,
não sei onde mora.
E nem onde está agora.

Elliana Alves
Enviado por Elliana Alves em 12/08/2006
Reeditado em 12/03/2007
Código do texto: T214715

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor,cite o nome do autor e o link para a obra original,cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"http://www.recantodasletras.com.br/autores/elianaalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elliana Alves
Petrolina - Pernambuco - Brasil
485 textos (98285 leituras)
4 áudios (2961 audições)
11 e-livros (1025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:10)
Elliana Alves