Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser Feliz

Parece-nos, às vezes, que esta é uma dádiva destinada a todos, menos a nós...
E há até quem diga que não nasceu para ser feliz; ledo engano!
Todos nós, ao chegarmos aqui, temos o mesmo direito e obrigação, da felicidade.
Entretanto, a cada um compete buscá-la, encontrá-la, "decifrá-la", seria a palavra mais certa, porque a felicidade não carece de busca, ela está dentro de cada um de nós.
Infelizmente, o erro vem de longe e fazem-nos acreditar desde muito cedo, que a nossa felicidade depende de outras pessoas... pai, mãe, irmãos, até professores, e é claro, o grande amor da nossa vida.
Mas o que nós não compreendemos, é que a nossa vida não começou aqui, e nem vai terminar aqui.
Vamos apenas deixar de respirar, o coração vai parar de bater algum dia, e embarcaremos de novo, para nova viagem.
Teremos encerrado esta passagem, indo para novos portos na grande navegação que é a nossa vida, pensada integralmente, sem as algemas que nos colocamos embasados no que chamamos tempo.
E mesmo sem adentrar o âmago desse assunto complexo que é o tempo, a rigor, não podemos desperdiçá-lo, e perdemos grande parte da nossa passagem, jogando tempo pela janela, deixando-o cair na lama da nossa incompreensão.
 Não precisamos de ninguém para sermos felizes. Precisamos para nos sentirmos realizados, mas isto não é felicidade.
A felicidade, se formos pensar nela concretamente, restringe-se a um ato. Você conseguir olhar no espelho, e ao ver aquele rosto à sua frente, conseguir pensar, sentir e até falar:
" _ Pôxa cara, como eu gosto de você!
Mesmo com as seqüelas todas que a vida lhe deu, mesmo com o massacre evidente do tempo na sua pele, nos seus olhos que já não brilham como aos 20 anos, mesmo com esse cabelo rebelde e sempre meio espetado... mas eu te gosto pacas!
("Pacas" é velho hein? Mas tudo bem, o tempo também é...)
Então vejamos o que a gente pode fazer para você sorrir mais, para você ficar bem, ficar melhor...
Para começar, coloque aquele cachorro que lhe abandonou, que não deu valor ao seu amor, no baú dos prejuízos, nem pense em deixar no baú de resultados pendentes, não vale a pena... e tem mais, ninguém é cachorro, apenas vocês não são almas gêmeas, os dois se enganaram, só que ele caiu na real, você não...
Ninguém jamais resgata o passado, isso é incontestável. Mesmo que ele se compadecesse de você e dos seus choramingos, e falhasse no livre arbítrio, escolhendo voltar, nunca mais seria como antes, entenda isso...
Nós não somos fotografias, somos gente, com sentimentos que se movem dentro da gente, e que quando querem voltar, não encontram mais espaço, não encontram lugar para se acomodar. Se existe algo bom para você viver ainda, e existe,  é no futuro que está. O passado, por melhor que tenha sido, jamais voltará.
Então vamos lá... desligue esse micro já. Você pode e deve ter amigos virtuais, eles só te farão bem, mas em momento algum da vida, faça disso prioridade. Há vida além da net... e é lá que ela pulsa de verdade, que é colorida e real, palpável.
Sorria, sorria sempre e muito, mesmo sem motivo, sem vontade. Você vai ficar surpresa de ver o que o teu sorriso pode lhe proporcionar.
Não cultive a tristeza, sequer escreva sobre ela. Ela é uma megera infeliz, que adora aliciar companheiros, se você der trela, se tornará tão indesejável quanto ela. Afaste-se da tristeza.
Tenha sempre em mente o seguinte: o querer é seu, o poder é de Deus, mas ao lado Dele, você sempre pode tudo o que quiser, desde que seja para ser feliz.
Não adianta ficar querendo o que não é bom para você, ou o que afronta as leis da natureza, porque querer reaver o passado, é como querer voltar um rio à sua foz... ninguém conseguiria.
O resto, deixe por conta do universo. Estava certíssimo quem disse que ele conspira a nosso favor, é fato!"

A cada novo dia, novas descobertas de evidências que nunca havíamos percebido, proporcionará novos recados ao nosso espelho, mas sempre no sentido de elevá-lo, pois se gostamos de quem está ali, não podemos desejar-lhe uma vida de penúria, correndo atrás de algo que não existe, como um cachorrinho vira-lata molhado de chuva, sem ter para onde ir. Então, mesmo todos afirmando que não há receita para a felicidade, a receita é uma só: nos amarmos!
O resto será conseqüência...
 
Santos,  12.06.2006_10:30 hs
Tere Penhabe
Enviado por Tere Penhabe em 13/08/2006
Código do texto: T215224

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tere Penhabe
Santos - São Paulo - Brasil, 61 anos
252 textos (25823 leituras)
5 áudios (601 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:31)
Tere Penhabe