Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FELICIDADES MORA LOGO ALI

Há dias em que estamos cabisbaixos, cansados da rotina do dia-a-dia; onde nada parece ter sentido!
Há dias em que despertamos pela manhã e não sentimos vontade de levantar da cama, preferimos nos trancafiar em nosso mundinho, impedindo que a felicidade bata em nossa porta, nem ao menos balbuciamos uma frase de agradecimento ao Deus da vida - frase que elevam a alma.
Esses dias parecem não ter mais fim. Parecem que nos levam ao caos, para a beira de um abismo intransponível, onde os risos e gargalhadas tornam-se lágrimas de dor e lamento, onde a força da fé já não tem mais a mesma intensidade das manhãs anteriores.
ESSES DIAS PASSARÃO! ACREDITE!
Eles são efêmeros, a dor é efêmera, assim como a vida, mas é preciso acreditar; é preciso fazer diferente, a felicidade habita do lado, ela é opositora da dor, ela é nosso baluarte existencial, mas para darmos vida a este sentimento é preciso sorrir para o mundo, lutar pela vida, trazer esperanças em nossos pequenos atos e para que isso aconteça:
Basta que acreditemos na força positiva que habita em nosso ser, transformando cada desilusão  em sustentáculo, em aprendizado, em experiência de vida!
Não basta nos deixar afundar;
Não basta, como seres humanos, responsáveis pela própria vida, fazer com que esta vida seja motivo de pena para os que nos rodeiam;
É preciso erguer a cabeça, deixar os problemas de lado e enxergar o mundo do outro lado da janela, do lado de fora.
Vento soprando, sol irradiando alegria, céu azul contagiando o universo.
É preciso que sejamos capazes de perceber as minúcias que nos colocam em uma dimensão maior – a dimensão do amor!
É preciso que sejamos capazes de acreditar que o dia de amanhã vai ser diferente e que esta diferença só existirá a partir do momento em que cada um de nós der o primeiro passo.
Jogar o lençol para longe, descobrir os nossos olhos das vendas da incapacidade; Acreditar que somos capazes;
VOCÊ É CAPAZ! ACREDITE
Você é capaz de fazer aquilo que sempre sonhou;
Aquele sonhou que você guardou, que engavetou e sentiu que não tinha chance de vê-lo realizado, arranque-o de sua escrivaninha, lance-o nas asas da esperança, volte a ser criança e seja feliz!
Olhe ao seu redor! O mundo não pára porque uma sombra de tristeza cobre o seu rosto. O mundo não deixa de girar porque você desistiu de dá seqüência à sua vida. Ele gira, ele movimenta-se, o sol nasce, as cortinas das noites escuras são lançadas a cada pôr-do-sol. Pessoas lá fora dão pulos de alegria, sobressaem-se na vida, crianças choram dando sinais de existência, outros se despedem, seguem em busca de novos horizontes, uns chegam outros vão. Ei, você que está jogado em uma cama, declinado em um sofá, sem perspectiva, sem vontade própria, você deixou-se dominar pela incapacidade? Fracassou? Não! Dê a volta por cima! Pense nos obstáculos que você poderá superar e que darão um novo sentido á sua existência! Admire-se! Ame-se! Chute pra longe essa amargura! Desperte pro mundo, contemple as coisas simples e valorize o belo enfeado por seu desânimo. Tudo continua com a mesma perfeição, o que existe de imperfeito é  a inversão de seu olhar. É o pejorativo retratado por sua tristeza. O belo continua belo, o vivo continua vivo. A vida continua plena, mas você não se permite viver essa grandeza, as grandezas que elevam o nosso ser; Que elevam Deus em seu viver!
Perceba o dedo de Deus empurrando seu ombro, tentando tirá-lo desse caos. Entre na nave que te conduzirá ao belo. Pule, cante, leia um bom livro, declame um poema em frente ao espelho, só pra você. Corra, pare de sentir-se coitado,  sempre há tempo e o seu tempo é agora! Viva, tão somente, viva!

Tenha um bom dia!
Eliene César
Enviado por Eliene César em 15/08/2006
Código do texto: T217108
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliene César
Piripiri - Piauí - Brasil, 45 anos
29 textos (2810 leituras)
3 áudios (928 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:27)
Eliene César