Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DA NOJO SIM!!!!!!!!!!!!!

Diamantina, interior de Minas, 1914

O jovem Juscelino Kubitschek ganhou seu primeiro par de sapatos aos 12 anos.
Passou fome.

Jurou estudar e ser alguém. Com inúmeras dificuldades, concluiu Medicina e se especializou em Paris.

Como presidente, modernizou o Brasil.
Legou um rol impressionante de obras e amantes; humilde e obstinado, é ( e era ) querido por todos.


Brasília, 2003

Lula assume a presidência. Arrogante, se vangloria de não ter estudado.
Acha bobagem falar inglês. "Tenho o diploma da vida", afirma. E para ele basta.

Meses depois, diz que ler é um hábito chato.

Quando era sindicalista, percebeu que poderia ganhar sem estudar e sem trabalhar - sua meta até hoje, ao que parece.


Londres, 1940

Os bombardeios são diários, e uma invasão aeronaval nazista é iminente.
O primeiro-ministro W. Churchill pede ao rei George VI que vá para o Canadá. Tranqüilo, o rei avisa que não vai. Churchill insiste, então, que ao menos vá a rainha com as filhas. Elas não aceitam e a filha mais velha entra no exército britânico; como tenente-enfermeira, sua função é recolher feridos em meio aos bombardeios. Hoje ela é a rainha Elizabeth II.

Brasília, 2005

A primeira-dama Marisa requer cidadania italiana - e consegue. Explica, candidamente, que quer "um futuro melhor para seus filhos".


Washington, 1974

A imprensa americana descobre que o presidente Richard Nixon está envolvido até o pescoço no caso Watergate. Ele nega, mas jornais e o Congresso o encostam contra a parede. Ele acaba confessando. Renuncia nesse mesmo ano pedindo desculpas ao povo.


Brasília, 2005

Flagrado no maior escândalo de corrupção da história do País, - e tentando disfarçar o desvio de dinheiro público em caixa 2 -, Lula é convocado a dar explicações.
Ante as muitas provas, Lula repete o famoso "Eu não sabia de nada !", e ainda acusa a imprensa de persegui-lo. Disse que foi "traído", mas não conta por quem.


Londres, 2001

O filho mais velho do primeiro-ministro Tony Blair, completamente embriagado, é detido pela polícia. Sem saber quem ele era, os policiais avisam que vão ligar para a sua casa, falar com seu pai.

Com medo de envolver o pai num escândalo, o adolescente dá um nome falso. A polícia descobre e chama Blair, que vai sozinho à delegacia buscar o filho, numa madrugada chuvosa. Pediu desculpas ao povo pelos erros do filho.

Brasília, 2005

O filho mais velho de Lula é descoberto recebendo R$ 5 milhões de uma empresa financiada com dinheiro público. Alega que recebeu a fortuna vendendo sua empresa, de fundo de quintal, que não valia nem um décimo disso. O pai, raivoso, o defende e diz que não admite que envolvam seu filhinho nessa "sujeira". Qual sujeira ???


Nova Délhi, 2003

O primeiro-ministro indiano pretende comprar um avião novo para suas viagens.
Adquire um excelente, brasileiríssimo EMB 195, da Embraer, por US$ 10 milhões.


Brasília, 2003

Lula quer um avião novo para a Presidência. Fabricado no Brasil não serve. Quer um dos caros, de um consórcio anglo-alemão. Gasta US$ 57 milhões e manda decorar a aeronave de luxo nos EUA.

(Os dados aqui fornecidos são objeto de repasse sem autoria, se alguém souber quem coletou e explanou sobre o assunto, favor avisar-me para que eu possa dar o devido crédito)

E NÓS, O QUE FIZEMOS E O QUE FAREMOS ???

Vamos tentar fazer a nossa parte, usando a melhor arma que temos... a Cidadania... vamos agir com honestidade, com coerência, e impor esse mesmo comportamento a quem escolhermos para ocupar nossos cargos eletivos... vamos acabar com a corrupção. Vamos ensinar nossos filhos que amor à Pátria não é crime nem é brega, vamos lutar para que eles recebam educação decente e de acordo com o altíssimo valor da arrecadação do ICMS que deveria ter parte dele revertido para esse fim. Vamos lutar por reforma tributária, por leis mais justas, tentar acabar com o paternalismo que engana fingindo que faz caridade... o povo brasileiro não precisa de caridade, precisa de oportunidade... precisamos de empregos, salários dignos, respeito... precisamos ser tratados como cidadãos!
Sei que não é possível reverter tudo o que já foi feito, mas, se cada um de nós fizer a sua parte, certamente vai dar para começar a mudar o rumo desse país que tem tudo (acreditem, tem mesmo!!!) para ser um país aonde todos possam ter qualidade de vida e dignidade. Não quero mais ouvir e ter que engolir que o meu País é campeão em corrupção... chega de carregar a culpa de uma minoria eleita graças à política de emburrecimento do povo... Vamos à luta, para não mais sermos chamados de povo pacífico, e bobo... Alguém tem que começar, que tal se cada um de nós tentar? (Akasha De Lioncourt - apenas o trecho final)
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 17/08/2006
Reeditado em 04/07/2009
Código do texto: T218336
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
706 textos (1034999 leituras)
72 áudios (109735 audições)
30 e-livros (56853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:28)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor