Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escuro caminho

Eu ando só, já sinto-me sozinha em dias tumultuados. Parei de tentar buscar o que eu nunca encontrei, acho que perdi lá trás. Já posso ir preparando-me para seguir sozinha, talvez seja assim daqui pra frente.
Já fiz de tudo mas há coisas segurando-me a engolir, minha garganta está seca, ela dói. Estou tentando buscar aquela velha saudade, mas não cruzo mais com ela, acho que nada mais vai me segurar, estou caindo de muito alto.
Já perdi minhas forças, sinto-me fraca e pesada, minhas costas não estão agüentando mais. Quero começar de novo, e voltar a conhecer-te melhor.
Preciso recomeçar de novo, tomar coragem...acho que falta-me coragem, eu já não tenho certeza das escolhas que fiz.
Procuro minha autonomia, a descoberta dos meus limites já esgotaram, minha ousadia já pulou etapas.
Quero sentir saudades daquele começo para não chorar mais sozinha. Não quero mais lutar comigo, estou presa num quarto escuro onde extravaso minhas inquietações , mas você não me ouve. Sinto-me ausente de vida e de novas emoções, preciso exalar  novas carícias, e elas não vêem mais.
Cadê o sol de Janeiro? Eu não encontro mais. Busco meu respeito em caixas fechadas, elas não se abrem.
Seus braços frios já fogem de minha direção e eu corro para longe deles, não tenho mais caminho, quero voltar para trás e reagir de novo.
Onde encontro empolgação? Não quero mais vento gelado, eles fazem arder os olhos que escorrem a noite. Não consigo falar, já não sei o que você fez comigo.
Vou seguir sozinha, o medo faz eu pensar de novo. Quero arrancar de mim, o que um dia jurava ser especial, o que causava-me insônia e fazia-me correr de saudades. Hoje estou nula, suas palavras me congelam, quero ficar sozinha, porque a vela já se apagou.
Talita Scotto
Enviado por Talita Scotto em 25/08/2006
Código do texto: T225292

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Talita Scotto
São Paulo - São Paulo - Brasil
92 textos (10704 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:39)