Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

entendimento

Eu visito como forma de agradecimento quando e sempre que posso, sem nunca me arrepender do que me dá prazer. Claro que não estou a falar dum prazer apenas estético, é também ético mas não se esgota nestas duas hipóteses: o prazer nunca será apenas a satisfação duma "obrigação" ou dum "gosto" é um ou uma "aliciante", algo que só percebe quem age por prazer. Pelo que, espero entendas, não espero que ninguém me dê autorização para fazer o que digo querer fazer. Repara que foi o que fizeste: «Se vai à minha página como forma de pagamento, não vá, porque não vale a pena. Eu só comento o que gosto.», acabo de comentar algo que não gostei.
Sem alterar em nada o meu comportamento, influencia-o dando-me mais um "tema" sempre presente em toda a comunicação: a necessidade de entendimento.

{Não há nesta "mensagem" ponta de ficção, mas deixo a realidade nesse nível: o entendimento, quando não é personalizado, é sempre ficcional e, é esse e apenas esse que interessa a escrita como ela me interessa. A escrita que publico não é do foro íntimo, pode ser ouro do íntimo em translação perante o que é partilhável: ouro -> puro, a evidência das palavras, neste "entendimento" aqui proposto, é o que elas põem em evidência: a pureza dos valores e a sua partilha!}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 28/08/2006
Código do texto: T227406
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310483 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:22)
Francisco Coimbra