Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUNCA SER O DONO DA VERDADE

(para Arícia Moncks, sobrinha, 19 anos)

Grato pelo texto em que se discute a Poesia e o poeta. Tudo muito superficial, sem profundidade. Mas dentro do que se propunha o texto, ou seja, fazer a louvação, está bem escrito. Agradeço que me tenhas enviado este tipo de pensar.

Posso até discordar dele, mas esta é a função de quem se entrega ao exame, ao exercício do pensar: discutir para que se tenham muitos caminhos, todos corretos porque criticados, estudados. Esta é a diferença de quem quer crescer. Ler, ler e mais ler. Ver o mundo com mais criticidade.

Por isto um livro, uma tese, uma obra materializada, nunca serão definitivos. Nem sempre estarão corretos. Podem até chegar perto da verdade momentânea, à resposta como bem necessário naquele momento dado. Nunca ao absoluto da permanência.

Este é o ponto de partida. Ali começa a discussão, o brilho da inteligência, da luz lapidar que permite que a humanidade floresça.

Mas, dependendo de sua originalidade e inventiva, podem se tornar eternas para o coração da humanidade.

Fiat lux! Diziam os latinos em sua sabedoria, há cerca de três mil anos!

Algo como a lâmpada elétrica, inventiva de Thomas Alva Edison, que nos empana a vista e, momentaneamente, nos cega. É real a verdade plena:

— Que se faça sempre a luz, porque ela apenas clareia a dúvida.

– Do livro CONFESSIONÁRIO – Diálogos entre a Prosa e a Poesia, 2006.
http://www.recantodasletras.com.br/mensagens/228003
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 29/08/2006
Reeditado em 21/05/2008
Código do texto: T228003
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709761 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:00)
Joaquim Moncks