Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Contemplando-me!

Contemplando-me.

Contemplo-me a mim e penso: Serei vaidosa? Terei humildade de espírito?
Sei realmente receber as críticas construtivas ou não , em relação a mim?
Terei um " Site"?
Continuarei a mesma pessoa ou mudarei?
E, acordei, pensando tudo isso. Quanta gente já amei e vi a diferença de comportamento , por ter mais ou menos dinheiro, uma casa mais bonita e rica,uma piscina deslumbrante, o carro do ano, para o seu Ego se sentir mais vaidoso.
Serei mais importante adquirindo todos esses bens materiais ,ou continuarei a ser a Borboleta que não liga para nada ,a não ser para a alegria do dever cumprido, de amar e amor por todos os que me são queridos?
Não quero que ninguém bata a minha porta e fique do lado de fora, porque é uma mansão,  onde os pezinhos sujos de algumas crianças não devam entrar.
Aí estarei renegando toda a minha Escola de Vida, onde tive o aprendizado da Esperança, da Humildade, do Amor( que canto e conto em meus Poemas)
da Fé, da Saúde e de Deus, ser supremo que venero , amo e sou eternamente grata por ter ficado curada e sâ.
Muitos que não me conhecem poderão até pensar que estou fazendo demagogia,o que nem sei bem direito o que é, na minha vida, pois nada
prometi.
Não prometo. Faço! E o que tenho a fazer não inclui empregos, promessas vãs que não poderei cumprir.
Prometo que serei fiel a mim, aos meus amigos que amo e venero , a todos os que de mim precisarem. Só, que como o Beija- Flor daquela história, não sou rica materialmente. Sou rica sim, mas só de Amor.
E, se vocês souberem o que é o verdadeiro Amor ,aí ,saberão o preço da Felicidade, como disse o Pequeno Príncipe: Não custa nada. É doação constante de vida e Amor.
Quero morrer, distribuindo o Amor que sinto por todos os que me visitam:
Meus passarinhos pela manhã, minhas flores se abrindo, como um presente  que recebo a cada dia que abro a porta, para o meu "Jardim Mágico "que existe, no fundo da minha casa, simples, construída, tijolinho por tijolinho com lágrimas,alegria, bondade e espeando a sua entrada, para conhecê-la
pois ela está aqui!Não me importa que queiram tirar os sapatos, como é  o hábito da Terra. "Entrem"!
Vejam as minhas borboletas, as minhas flores, como as viram os meus doces e ternos amigos : Ligia Tomarchio ,Efigenia Mallemont, Marilda Ternura , Edna Liany ,Marcos Milhazes e Thais "Beijaflor"!
E ficarão tão encantados que aqui quererão ficar!
Meus queridos, dou-lhes o Meu Bom Dia, com tanto amor, que meu coração chega a doer.
Se, um dia, tiver um " Site", como quer o meu querido amigo e professor Drausio e, se eu mudar, gritem, falem comigo e me lembrem da minha promessa de Amor  e Amar.
Sei e compreendo que é impossível  responder a todos, mas não quero deixar ninguém  me esperando ,do lado de fora.
E, por favor, me compreendam. Não vai nenhuma crítica a nenhum amigo querido e amado por mim.
É meu coração que fala!
E meu coração esquece da razão muitas vezes.
Eu os amo hoje, amanhã e sempre.
Da sua amiga fiel
Eda Carneiro da Rocha
Araruama
30/03/2004

Hoje, tenho um site. Continuo a mesma, destribuindo mais Amor, Otimismo,
Carinho a todos os que aqui vêm!
Não mudei e nem mudarei.
Sou apenas " Feliz"!
Eda ," Poeta do Amor"!
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 07/06/2005
Código do texto: T22853

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14776 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:04)
Poeta Amor