CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Meu PAI, que saudades de você.

Meu velho PAI que já se foi,
Que saudade da tua presença,
Que saudade dos teus conselhos, de tua palavra...
Que saudade do teu abraço sempre aconchegante,
Você foi meu porto seguro, meu norte de vida...
Ensinou-me com pequenos atos de amor também ser PAI
Mostrou-me como é praticar o amor,
E no cansaço da tua vida me ensinou a nunca desistir de lutar,
E no cansaço de teus passos me ensinou a nunca perder o caminho
E no estender de tua mão me ensinou sempre a pratica do perdão,

Hoje meu querido PAI,
Não tenho nada concreto de você,
Tenho somente lembranças que me vem em capítulos da vida,
E tenho guardado dentro de mim tua historia,
Nos meus momentos felizes hoje, gostaria de ter você ao meu lado...
Você meu Pai me faz falta, muita falta...
Não te dei um abraço de despedida, um beijo de adeus...
Você se foi sem eu estar ao teu lado, você partiu sozinho...
E pelo resto dos meus dias jamais vou te esquecer,
E levarei você meu Pai comigo até que Deus tire você de dentro de mim.

Meu PAI , relembrar de você me faz sofrer
Meu PAI, que saudades de você...
GUARNIERY
Enviado por GUARNIERY em 04/12/2010
Reeditado em 04/12/2010
Código do texto: T2652309

Comentários

Sobre o autor
GUARNIERY
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
36 textos (4814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/04/14 05:11)