Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO A MORTE VIER.


 Quando você virá? Na calada da noite? No romper da aurora? ou no findar da tarde? Será um dia chuvoso, onde cada gota que cair na terra chorará a minha perda? Será dia de sol e calor escaldante onde colegiais suam desmesuradamente e até os cães arfam com a temperatura? Quando você vier estarei sozinho, meditando o feito e o não feito? Estarei curtindo uma balada ou lendo um livro? Estarei fazendo amor com a mulher que eu amo? Estarei eu sentado na praia observando o mar? Estarei na direção de um carro ou jogando futebol? Quando você vier será que estarei na sala de aula ensinando e aprendendo? Será que será sutil ou dolorosa? Quando você vier, quisera eu estar com minhas dívídas em dia, quisera eu ter tempo de pedir perdão pelos meus erros, quisera eu não me arrepender do que não fiz! Quando você vier, será que me dará uma chance apenas de dizer às pessoas que a vida é maravilhosa e que me perdoem pelas agruras que eu as fiz passar? Quando você vier, estarei eu lendo Dostoiévski, Kafka ou Drumond? Estarei mergulhado em gibis da turma da Mônica, sonhando com as gravuras ali desenhadas? Quando você vier, será que eu estarei aqui ou estarei dormindo sonhando com lugares longinquos e reinos de contos de fada? Quando você vier, terei eu cumprido meu destino? espero que sim!
Telêmaco Marrace de Oliveira
Enviado por Telêmaco Marrace de Oliveira em 18/10/2006
Código do texto: T267005
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Telêmaco Marrace de Oliveira
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 44 anos
259 textos (58292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:28)
Telêmaco Marrace de Oliveira