Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amizade


À medida que crescemos, vamos reconhecendo o valor de cada pessoa presente em nossas vidas.

É engraçado!
Ao mesmo tempo em que existe aquela, a qual
pode embarcar numa viagem apenas de ida
e que não faria a menor falta, também existe aquela de quem jamais queremos
nos distanciar e com a qual precisamos manter sempre contato e uma boa aproximação para vivermos satisfeitos.
Mas o que haveria de importante em uma relação de dois "estranhos", para sentirem  essa vontade e, até, necessidade de manterem comunicação?
Bem, hoje, mais do que nunca, é simples encontrar essa resposta.
Sabe-se que isso se chama nada menos que AMIZADE,
uma das maiores dádivas e um dos sentimentos mais belos e nobres propiciado pelo nosso grande Pai.
Infelizmente, nem todos são possuidores desse dom, logo, muitos são iludidos e, posteriormente,
decepcionados por pessoas insensíveis
e incapazes de se firmarem em uma das mais importantes relações humanas.
Quem nunca ouviu histórias de duas pessoas que eram muito amigas e em tempos passados uma se decepcionou?

Ninguém!
O que acontece é que não podemos deixar
de viver esse belo sentimento por causa de uma "história".
Não podemos deixar de crer na sinceridade
por causa de um ou de dois.
Precisamos confiar e saber em quem confiar.
Não podemos nos juntar ao mal e nunca experimentarmos o bem.
A vida sem amigos nada seria.
Mas amigos verdadeiros.
Aquele que lhe acompanha nas suas derrotas e vitórias; aquele que lhe oferece o ombro para você encher de lágrimas; aquele que lhe levanta quando você cai; e, acima de tudo, aquele leva você dentro do coração para onde quer que vá e não tem medo de demonstrar o quanto o ama
e se importa com um VERDADEIRO AMIGO.
Amizade é isso!
Não podemos nos prender ao dicionário
e acreditar que a amizade é "um sentimento de afeição, estima e benevolência".
Amizade não se define, simplesmente, se vive.
A amizade é a reciprocidade do respeito,
do carinho, do amor e da afeição também,
mas não podemos defini-la universalmente,
visto que cada um tem a sua forma de demonstrá-la.
Um amigo vale mais que qualquer tesouro nesse mundo.
Privilegiado é aquele que pode contar com um.
O que seria cair e ter de se levantar só?
O que seria querer chorar e ter de ir a um quarto escuro?
O que seria precisar de uma ajuda
e ter de fazer sozinho(a)?

Bem, se tudo pode ser feito em par,  o porquê de fazer isolado(a)?

O porquê de se excluir do mundo,
prendendo-se a si próprio
e não acreditando numa possível ajuda a ser recebida.
Não tenha medo de se prender a uma amizade.
Viva uma amizade; ame uma amizade; tenha uma amizade.
Demonstre todo o seu carinho e respeito por um amigo.
Demonstre o quanto você ama e se importa com ele.
Não tenha vergonha desse nobre sentimento.
Em uma amizade tem que haver cumplicidade.
Se você tem um amigo, diga o quanto se preocupa com ele quantas vezes forem necessárias.
Demonstre seu sentimento e não tenha medo do que receberá.
Dê um "tudo" de si, e não se importe em receber um "nada".
Saiba que, em algum lugar, sempre haverá um alguém querendo lhe dar um "tudo".
Jamais se esqueça de que todos nós somos vulneráveis.
Não podemos recriminar nossos amigos por um, dois ou três erros.
Se ele errou; paciência!
Se ele persistiu no erro; paciência, também!
Não compensa perder uma amizade
por causa de pequenos ou mesmo grandes erros.
Erros podem ser corrigidos,
mas amizades destruídas são irreparáveis.
Como ele errou, um dia você poderá errar
e tenha certeza de que sua lealdade será lembrada.
Demonstre os erros, releve os erros e esqueça os erros.
Não troque seus amigos por nada nesse mundo.
Faça dos seus amigos seus irmãos!
Faça dos seus amigos sua família!

                                      James West
                                         23.11.2006

 

Diante de tudo o que foi escrito, eu não tenho nada a acrescentar e simplesmente dizer

EU OS AMO, CADA UM (A) DE UMA FORMA

mas cada um(a) me é importante.

*******

 
Olavo SR Filho
Enviado por Olavo SR Filho em 24/11/2006
Reeditado em 24/11/2006
Código do texto: T299853

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Olavo SR Filho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
41 textos (2422 leituras)
1 e-livros (66 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:49)
Olavo SR Filho