Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos, rebentos ...


*PROCURA-SE


Procura-se poeta perdido,
por vezes encontrado
em overdose de poemas,
versos, rebentos,
canções, assovios,
murmúrios, por vezes
Satíricos, líricos, ordinários
Dicionários, rastros, percalços.

Ah! “Over” dose!
Nos vãos-desvãos e desvarios
que inflige a vida,
no seu, no meu, no nosso
momento
Sarcástico, irônico, sardônico
wildeano, kantiano, kafkaniano
nós quase insetos
diante do Cosmos.

A quem encontrar,
pode acompanhá-lo:
mergulho profundo no poema
que respira/exorta/inspira
Embriagado, calado, dolorido,
Enlouquecido de poemas
Seu suspiro e consolo é o papel
Opaco, amarelecido, adormecido
Jamais esquecido!


* Este poema é de autoria da Dra. Ludmila Xavier Silveira Dias, concluído em 13.08.2005. Um belo presente de Dia dos Pais. Muito obrigado!
Nadir Silveira Dias
Enviado por Nadir Silveira Dias em 07/09/2005
Reeditado em 06/11/2005
Código do texto: T48357
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nadir Silveira Dias
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
1036 textos (153741 leituras)
4 e-livros (380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:53)
Nadir Silveira Dias