Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O mundo nos seus egos

“O mundo nos seus egos desacerbados 
que destroem a humanidade.
Que exaltam a matéria e o seu estado
em máximo esquecendo o espírito.

Que demandam as vaidades e exaltam 
a carne no seu estado esquecendo as
propriedades a alma que é quem 
conduz a carne nesse hemisfério .

As propriedade de uma construção
se faz de seus tijolos.
O ser humano se harmoniza com o
seu estado de espírito .

Com a ligação a um estado supremo 
com o Pai .
Com o esquecimento da cobiça e de 
qualquer matéria que venha a influenciar 
a maturidade e a bondade divina . 

Cada qual se preparando para uma 
caminhada cheia de espinhos . 

Com dor e provas que trazem à tona 
envoltórios carnais de outras épocas
em que seus egos transpuseram o 
seu estado de espírito .

Quando a materialidade tentou se 
sobrepor a um ser que contempla 
um espírito.
 
De que de nada adianta um corpo
repleto de magias, repleto de força carnal,
repleto de estado que o ego contempla
no seu estado terreno .

Perante esse ego que se traduz num 
obstáculo ao espírito está a devoção e 
o esquecimento desse estado que
destroe os seres trazendo a dor,
a revolta, a humilhação.

De suma conquista-se o espaço num 
plano que não é o divino .
Contraria-se ao Criador pensando somente 
na prosperidade carnal.

Esquece-se que o plano real ,
aquele que será vivido depois do 
desencarne, se faz de outros recursos.

Se faz da bondade divina e da 
solidariedade conquistada nesse
plano terreno onde muito foi vivido .

Tamanha bagagem conquistada
que vem rechear o alicerce sagrado 
rumo a um mundo maior ..


Rumo a um estado onde o pensamento 
é a maior força .
De encontros em encontros ,
de experiências a mais experiências.

Se contradizem estudiosos que se fazem
conhecedores da verdade,
que negam a existência de um ser,
que para Deus é único e divino .

Infinitos laços de amor que unem ao Pai .
Que são agraciados pela bondade divina
e contemplam uma união fraterna em 
estado.

Que se disfaz-se de todo um lamaçal de 
ódio e de desventuras que ocasionam o
mal . 

Mas o ego quando controlado equivale 
a um estado maior. 
A um estado de difícil conquista, mas que 
presenteia aos persistentes
e bem aventurados no rumo ao Pai.

Saber repartir .
Saber admirar sem a inveja .
Saber reunir o próximo na sua colheita .

Desgerar correntes de ódio e de 
males que trazem ao ser a revolta
e a desgraça .

Admirar o próximo nas suas conquistas .
Não idolatrar ao ser .

Prevenir-se dos males da gula que
se disfarçam num ser o seu estado de 
espírito que está abarrotado de espinhos
que se satisfazem em expandir suas 
glândulas sebáceas .


E que se desatem os estados egóicos .
E que se rume a paz .
Amém!!!



28-08-2007
Euséquio
Enviado por Euséquio em 28/08/2007
Reeditado em 28/08/2007
Código do texto: T627860

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Euséquio
Campos Novos - Santa Catarina - Brasil, 37 anos
36 textos (680 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:47)