Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida em Oração

Vida em Oração
Por Dalton

Que minha vida seja uma oração,
Que as refeições minhas de cada dia sejam orações,
Que minha voz seja oração,
Que meu sorriso seja oração e ilumine o coração dos outros,
Que meu acordar já seja um lindo gesto de oração,
Que meu abrir de olhos seja um humilde gesto de oração,
Que meu silêncio seja oração,
Que o caminhar seja uma oração,
Que meus traços sejam orações.

E que estas orações, simples orações, possam levar um pouco de luz ao coração das pessoas.

*/*/*

Oração na vida
Amigos de Ramatís, por Dalton

O pensamento que permeia sua vida gera o sentimento que norteia suas ações e energias e estas podem ser orações para você e todos os seus. Que seus passos sejam pegadas luminosas na estrada da vida e assim sua vida seja luminosa de persi. A luz que vem de “dentro” e a que vem do “alto” são uma só e se encontram no infinito dos corações dos seres bons.

A vida deve ser repleta de todo tipo de oração. Cada gesto deve ser um gesto de servir. Isto dilui o egoísmo e transforma a escuridão e a dor de si em luz. Servir e doar o que possui de melhor não é difícil e qualquer um pode fazer.

Às vezes o caminho “certo” não está claro porque não existe caminho certo. Muitos temos objetivos certos e trilhamos os caminhos errados nas interpretações pessoais das estradas existenciais. Não importa o tempo que leve e nem os erros que cometa, se os objetivos são elevados estaremos sempre nos aproximando do tal caminho “certo” de ideal.

Muitas almas clamam e choram pelo caminho “certo”, muitos “gurus” de todos os rótulos ensinam os “caminhos certos”. Ninguém está certo e ninguém está errado, o caminho certo é o caminho do coração. Não o do coração dos outros, mas o do coração de si mesmo.

Reflita em silêncio solitário por muitas horas se for necessário e perscrute seu coração. Ouça-o. Converse com ele e não confunda ego com coração. O ego é mais ruidoso, extrovertido e fácil de se manifestar. O coração é mais discreto e humilde e não impõe a “verdade” dos caminhos de forma arrogante ou enfeitada.

Às vezes ele responde por metáforas e dá pistas obscuras. Ele não exige fé, nem raciocínio e nem tem ou fornece fórmulas ou mapas. Funciona apenas com a intuição que vem de dentro e só se manifesta no silêncio do céu da consciência lúcida.

A tal lucidez, também tão falada é a filha dos bons objetivos e sentimentos elevados. Há muitos “lúcidos” cheios de racionalismo, “espiritualidade” e arrogância. Mas também há a lucidez intelectual, a projetiva, a social e a principal que é a lucidez do coração.

A intuição profunda e elevada que visita qualquer um, os homens simples, os humildes e muitas vezes não visita os gurus “lúcidos” e “maduros” noutros campos.

As palavras são filhas das interpretações humanas e das falácias de seus egos “evoluídos”. Coração não é apenas um órgão dentro do peito ou chacra. É muito mais que isto.

O caminho existencial-espiritual pode ser simples de se vivenciar, mas não é simples de se entender. Só quando se conhece o idioma e a linguagem do coração, é que se comunica de coração a coração ou coração a cosmos, a mesma coisa.

A vida é muito mais que energia, muito mais que informação, muito mais que lucidez...

Os caminhos do coração estão repletos de orações. Oração dos olhos, dos sorrisos, das lágrimas, dos abraços dos tarefeiros existenciais e dos amigos.

Os egos divergem nos descaminhos, enquanto os corações convergem na evolução consciencial para “cima” e para sempre. Trilhar o caminho do coração de si exige muita força, muita coragem, persistência, abnegação e renúncia. Exige o enfrentamento de si mesmo no espelho consciencial dilacerante.

Este é o caminho que une os corações dos tarefeiros encarnados aos corações espirituais dos mentores elevados. A luz atrai a luz e o amor atrai o amor nos caminhos espirituais dos corações até o coração da Consciência Cósmica.

Nossos corações estão juntos, você não está sozinho.
Força e avante, vamos trabalhar.

Paz e Luz,
Sanat Khum Maat e Amigos de Ramatís, por Dalton Campos Roque, Curitiba, 22/10/2007.

SANAT KHUM MAAT: amparador especializado em projeção e assistência extrafísica. Ele é ligado aos processos iniciáticos da Índia e do Egito. Eu o conheci e o identifiquei através das leituras do livro de Wagner Borges do livro “Ensinamentos Projetivos e Extrafísicos” pela Editora Madras, por este espírito. Eu lia o livro de Wagner / Sanat e ele aparecia para mim, então aprendi a identificar suas energias e objetivos.

Amigos de Ramatís: são vários espíritos universalistas e simpatizantes da síntese oriente-ocidente. São de várias linhas e sintonias atuais e antigas. Muitas vezes trazem o recado direto de Ramatís sempre com clareza, objetividade e sem preconceito ou linguagem rebuscada.

Dalton e Andréa http://www.consciencial.org


Conheça o livro O KARMA E SUAS LEIS; Conheça o CD Práticas Bioenergéticas Volume I; Conheça o CD Práticas Bioenergéticas Volume II; Conheça o CD Práticas Bioenergéticas Sete Chacras; Conheça nossos cursos Espiritualistas à distância - Visite Site Consciencial para conhecer tudo

OBS.: todo nosso material é registrado, com direitos autorais reservados e está protegido por leis de copyright nacionais e internacionais. É permitida a cópia, o envio e a distribuição dos mesmos, de forma gratuita, desde que mantido os nomes dos autores – Dalton e Andréa - e do site http://www.consciencial.org
Daltonroque
Enviado por Daltonroque em 23/10/2007
Código do texto: T707170

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome dos autores e do site http://www.consciencial.org). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daltonroque
Curitiba - Paraná - Brasil, 56 anos
16 textos (6953 leituras)
2 áudios (623 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 23:48)
Daltonroque